Entre Rios
Cotidiano

Ações pra combater abusos e exploração de crianças e adolescentes são realizadas

A data de 18 de maio marcará o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, e diversos eventos vêm sendo realizados em Cascavel. A Policia Civil, através do Nucria (Núcleo de Proteção à Criança e Adolescente Vítimas de Crimes), participou no transcorrer da semana em curso, de diversas atividades alusivas à esta campanha nacional. 

Neste contexto de proteção à criança e ao adolescente é que foi implantado o Nucria em Cascavel, cujas ações dão guarida aos reclames da população, buscando recepcionar as denúncias e dar resposta, tanto em nível local quanto Estadual, à exemplo da Operação Luz da Infância.A delegada titular da Unidade Policial, Bárbara Raquel Valeski Strapasson, na segunda-feira (13), participou da Roda de Conversa com crianças do CRAS do Bairro Interlagos, cujo tema abordou a prevenção da exploração sexual de menores.

No período da tarde, participou da mesa de honra na 7ª Semana Municipal de Enfrentamento ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes, evento promovido pela Secretaria Municipal de Saúde, onde a Bárbara, como Delegada do Nucria, expressou a importância da prevenção: “Quando o Núcleo atua, é porque falhamos; quando temos de atuar, é porque já aconteceu. É por isso que defendo o trabalho preventivo, e é por isso que estamos aqui, porque acreditamos nisso”.

Na quarta-feira (15) a tarde, juntamente com o Marco Berzoini Smith, participou da mesa de honra do XVII Fórum Municipal de Enfrentamento ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, evento promovido pela mesma secretaria municipal.

Na quinta-feira (16), ministrou aula no Curso de Extensão Universitária da Unioste, sobre violência contra criança e adolescente e o atendimento da vítima na fase policial, bem como o trâmite do inquérito policia.

A prevenção e o combate a essas graves violações necessitam do envolvimento de todas as organizações públicas ou privadas, e da sociedade em geral, na proteção das vitimas e responsabilização criminal dos agressores.

As ações desenvolvidas nos eventos buscam conscientizar a população como identificar e denunciar casos de abusos e exploração. A violência sexual se apresenta de diversas formas, sendo abuso quando a criança ou adolescente é usado para satisfação sexual, e exploração sexual quando ocorre a mercantilização do sexo.

com informações da catve
TOPO