Dengue Pato
Bike Refran
Prefeitura de Mercedes
Ortocolchões
Sandras Publi
Família Acolhedora
Dengue antes
Casa da cuca
IPTU
Banner Yamaha
FarmaVidda
Cotidiano

Caminhoneiros reclamam da demora para cruzar Ponte Internacional da Amizade

Com fiscalização na aduana Paraguai aumentou tanto na entrada como na saída do país.

Agora, toda a documentação é checada e as cabines revistadas, tudo para impedir a entrada ou saída de pessoas de forma clandestina.Com esta operação, aumentou o tempo de espera para cruzar a fronteira. Como são centenas de caminhões diariamente, alguns chegam a ficar por vários dias nas filas.

O problema é maior para quem está saindo do Paraguai, onde filas quilométricas são formadas em direção a aduana.

Para complicar, os pequenos transportadores, chamados de “paseros”, também fazem manifestação todos os dias, pedindo a reativação do comercio fronteiriço.

Os paraguaios que cuidam da aduana dizem que a demora é provocada pelo lado brasileiro que utiliza um scanner para fiscalizar os caminhões, já o brasileiro, dizem que o equipamento é rápido e o problema é do lado paraguaio.

Com informacoes da catve
TOPO