Bike Refran
Prefeitura de Mercedes
Ortocolchões
Sandras Publi
Família Acolhedora
Miss Pato Bragado
Campanha Dengue
Banner Yamaha
FarmaVidda
Cotidiano

Chuva provoca deslizamentos de terra, queda de árvores sobre casa e alagamentos em SC

A chuva provocou estragos no domingo (9) em municípios catarinenses. Houve registro de rodovias interrompidas por queda de árvores e de barreiras e muitos pontos de alagamentos no Norte de Santa. Já no Vale do Itajaí também teve interrupções de estradas e dois carros foram arrastados pela água em Brusque. Duas famílias precisaram deixar suas casas na cidade. Uma árvore caiu sobre uma casa e um rancho ficou destruído em Rodeio, na mesma região. Não houve registro de feridos.

A Defesa Civil de Santa Catarina emitiu na noite de domingo alerta para a situação de duas cidades com mais risco de deslizamentos, especialmente em encostas: Guaramirim e Garuva. Outras 17 cidades estão em estado de atenção.

A chuva acompanhada de ventos ainda deixou milhares de residências sem energia elétrica. Em Joinville foram ao menos 4,5 mil. Em Blumenau árvores caíram sobre fiações da rede e em Florianópolis uma árvore caiu na Avenida Atlântica, na área continental, interrompendo o trânsito e deixando mais de 3 mil unidades consumidoras sem luz.

Vale do Itajaí

Em Brusque, no Vale do Itajaí, a Defesa Civil registrou cerca de 20 deslizamentos, sendo que dois deles atingiram duas residências que foram interditadas e as famílias precisaram sair: uma foi para um abrigo e outra para casa de familiares. A Defesa Civil também registrou quedas de árvores, rompimento de tubulações e diversos pontos de alagamentos. Limeira foi o bairro mais atingido.

Ainda em Brusque, o Corpo de bombeiros Militar foi acionado para auxiliar no resgate de ocupantes de dois carros arrastados pela força da água quando tentavam passar pela Rua Luiz Maffezzolli, por volta das 15h. Quando a equipe chegou ao local, moradores já tinham ajudado os ocupantes de um Gol e de um Uno a saírem dos carros.

O Gol de cor branca caiu em um córrego. O motorista de 19 anos e a passageira de 17 anos mão ficaram feridos, mas a jovem estava muito nervosa e precisou de atendimento, segundo os bombeiros. Já o motorista do Uno, de 31 anos, estava sozinho no carro e não se feriu.

TOPO