Dengue Pato
Bike Refran
Prefeitura de Mercedes
Ortocolchões
Sandras Publi
Família Acolhedora
Dengue antes
Casa da cuca
Banner Yamaha
FarmaVidda
Cotidiano

Coronavírus: Pontos turísticos de Foz não recebem visitantes no feriado

Um feriado de semana santa totalmente diferente no Brasil. Sem movimentação, sem concentração, nem mesmo religiosa e sem viagens de turismo.

Quase não dá pra acreditar. Cidade parada, sem movimento em uma época em que deveria estar fervilhando de gente, tanto no comércio como nas atrações turísticas da fronteira.

Essa é a Foz do Iguaçu de hoje, onde o setor turístico apostava todas as fichas, agora é só frustração.

São 300 meios de hospedagem com 35 mil leitos que esperavam uma ocupação acima de 90% neste período do ano. Mas hotéis, pousadas, motéis, bares, restaurantes, e serviços estão paralisados. Pontes e fronteiras internacionais estão interditadas, tudo por causa da pandemia do coronavírus.

Rodoviária fechada, aeroporto aberto, mas ninguém chega ou sai, um cenário nunca antes imaginado. A cena se repete nas cidades vizinhas, tanto no Paraguai como na Argentina.

Quem diria também que uma das sete maravilhas da natureza, as Cataratas do Iguaçu, passariam um feriado tão esperado assim, sem nenhum visitante.

Em 81 anos desde a criação do Parque Nacional do Iguaçu é a primeira vez que isso acontece.

A falta de água nas quedas dá a impressão que a própria natureza sentiu a pressão e reduziu o ritmo, esperando dias melhores.

Com informação da Catve

TOPO