Entre Rios
Cotidiano

Marechal Cândido Rondon é reconhecido pelo aplicativo VcMCR

Marechal Rondon conquistou nesta quinta-feira (09) o título de Projeto Inovador 2019, concedido pela Rede Cidade Digital. O reconhecimento foi feito durante o IV Fórum de Cidades Digitais do Oeste Paranaense, realizado no centro de eventos de Pato Bragado. O título é referente à iniciativa do “Aplicativo VcMCR”.

O prefeito Marcio Rauber e os desenvolvedores do aplicativo, os servidores João Paulo Polles e Vilson Carlos Kickow, estiveram no evento para o recebimento do título.

O Projeto Inovador 2019 é uma forma de valorizar iniciativas de gestões que buscam técnicas ou ferramentas que ainda não eram utilizadas e que gerem resultados positivos para a gestão pública e na vida dos cidadãos.

A ação contou com o apoio da Associação dos Municípios do Oeste do Paraná (AMOP) e Conselho de Desenvolvimento dos Municípios Lindeiros ao Lago de Itaipu, a Rede Cida-de Digital (RCD) e a Prefeitura de Pato Bragado. A ação visa trazer informações a prefei-tos, gestores públicos e vereadores sobre os impactos positivos ao se investir em cidade digital e inteligente.

RECONHECIMENTO
“É muito gratificante ser reconhecido por ações da nossa gestão. Toda a forma de inovação criada por nossos servidores, damos total apoio. O aplicativo é uma forma das pessoas nos ajudarem a resolver problemas rotineiros que toda cidade tem. É uma forma também de demonstrarmos que queremos a participação da população em nossa gestão, ao dar voz para as pessoas,” frisou o prefeito Marcio.

“Foi uma surpresa, ainda mais por sabermos que não só a sociedade rondonense que utiliza o aplicativo, toda região oeste observa com bons olhos o que pode ser útil para os outros municípios em torno de Marechal Rondon”, relata Vilson.

“Quando eu recebi a notícia do prêmio fiquei surpreso, pois não estava esperando que o VcMCR estava sendo visto com bons olhos fora de Marechal Rondon. Isto mostra que, os bons usos de tecnologia na gestão pública são reconhecidos, não só internamente no município, mas também na região oeste do Paraná. É uma conquista de Marechal Rondon”, destaca João.

O APLICATIVO
Criado no primeiro semestre de 2018, a plataforma visa oferecer ao cidadão rondonense uma ferramenta de colaboração com a gestão pública. Através do aplicativo que, inicialmente, fornece espaço para relatos sobre lixo na cidade, iluminação pública e focos de dengue, o munícipe pode fotografar esses problemas e relatá-los pelo aplicativo, que mostra a localização correta de cada situação.

Após o registro da reclamação, responsáveis ligados às secretarias devidas, receberão o relato pelo aplicativo e buscarão a solução. Enquanto isso, o cidadão será notificado com uma mensagem de como está o andamento da solução.

A plataforma é um software livre e foi desenvolvida pelo Instituto TIM como um programa de zeladoria urbana. No entanto, algumas modificações foram realizadas pela prefeitura rondonense.

TOPO