Bike Refran
Ortocolchões
Sandras Publi
Casa da cuca
JR color
Banner Yamaha
FarmaVidda
Cotidiano

Moto Segura: Mais de 120 motociclistas foram abordados em Cascavel

A transitar realizou uma abordagem educativa na manhã desta sexta-feira (20) em Cascavel. A ação teve o objetivo de alertar quem está envolvido no trânsito diariamente e, muitas vezes, sequer percebe os riscos aos quais está exposto ou que expõe os demais, como não parar numa preferencial, avançar o sinal vermelho, deixar de usar os itens obrigatórios ou usar incorretamente, descuidar da manutenção do veículo, abusar da velocidade ou do excesso de confiança e, ainda, associar direção com celular ou bebida alcoólica, fatores que interferem na atenção.

Além das orientações de como se comportar no trânsito, mantendo a direção defensiva, os motociclistas também receberam antenas corta pipa para instalar na moto, como mais um acessório de segurança.

“Não é admissível perder mais vidas”, disse a encarregada do setor de Educação de Trânsito da Transitar, Luciane de Moura, que coordenou a abordagem dos agentes de trânsito.

Luciane reforça que o “trânsito não pode ser encarado como um lugar de risco, pois depende de cada um mudar a realidade, revendo atitudes, melhorando a empatia, respeitando as normas e contribuindo para evitar os acidentes. Num semáforo, por exemplo, quando a luz está no amarelo, ela já está em alerta, então já devemos reduzir a velocidade e não aumentar para cruzar rapidamente, se colocando em risco de perder a vida e potencializando o risco dos demais”.

Outra situação comum que observa-se em relação a motociclistas, principalmente entregadores com pressa, é o fato de circular pelas calçadas, colocando pedestres em risco, desrespeitando o Código de Trânsito ou, ainda, para encurtar distâncias, andando na contramão, outra atitude irregular, além do abuso na velocidade para chegar rapidamente ao destino.

“O fator pressa está em primeiro lugar, mas isso deve mudar, pois quem está esperando um produto pode aguardar um minuto a mais. É preciso manter a calma e respeitar a legislação acima de tudo, pois a vida deve prevalecer no trânsito. Não queremos falar de estatísticas e números. Queremos falar de vida, pois cada óbito que divulgamos, estamos falando de famílias inteiras enlutadas. Essa realidade precisa mudar.

Novas ações

A Transitar está intensificando todas as ações educativas. Na próxima semana serão realizadas atividades com foco no combate ao excesso de velocidade, uso de celular ao volante e à falta do cinto de segurança, além das demais regras do Código de Trânsito Brasileiro.

Com informações da catve
TOPO