Dengue Pato
Bike Refran
Maquininhas
Prefeitura de Mercedes
Ortocolchões
Campanha Dengue
Banner Yamaha
FarmaVidda
Cotidiano /

Três médicos paranaenses morrem de forma trágica nas últimas horas

A morte do cardiologista Eduardo Phillippi, 48 anos, que morreu em um acidente aéreo na tarde deste domingo (17) junto com a filha Fernanda e o piloto Magnus Boeno Padilha, em Cascavel, não foi a única tragédia do fim de semana que vitimou médicos paranaenses.

O médico oftalmologista Felipe Berowicz, 36 anos, de Pato Branco, passava o feriado na Ilha de Fernando de Noronha quando teria caído em flat e acabou morrendo.

A morte aconteceu neste domingo (17).

Já na manhã de hoje (18), o pediatra Cezar Renato Saldanha Moreira, 63 anos, morreu em um acidente de trânsito na PR-495, em Marechal Cândido Rondon.

Ele seguia para o trabalho em uma unidade de saúde quando bateu carro contra uma árvore.

O Conselho Regional de Medicina do Paraná (CRM-PR) emitiu nota lamentando as mortes dos três profissionais.

CARDIOLOGISTA

O Dr. Eduardo Frederico Borsarini Phillipppi nasceu em Curitibanos (SC).

Formado pela Universidade Federal de Santa Catarina em janeiro de 1995, iniciou sua vida profissional naquele estado, seguindo depois para Cascavel e obtendo registro no Conselho do Paraná. Era especialista em cardiologia e também com área de atuação em hemodinâmica e cardiologia intensivista. A Sociedade Brasileira de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista emitiu uma nota ainda na noite de domingo lamentando a morte do médico. “Deixa muitos amigos e a lembrança do seu sorriso franco e da sua grande habilidade nos procedimentos da Cardiologia Intervencionista”, assinalou a Sociedade.

Também o Cascavel Country Club, do qual ele era presidente, manifestou-se por nota e decretou luto de três dias. O Dr. Eduardo era o responsável pelo serviço de hemodinâmica do Hospital Nossa Senhora Salete e atuava em outros serviços médicos de Cascavel. O velório do médico e da filha ocorre no Cascavel Country. O corpo do piloto do avião está sendo velado em Cascavel e depois seguirá para Francisco Beltrão, para cerimônia de despedida e cremação.

OFTALMOLOGISTA

O oftalmologista Felipe Breowicz também faleceu no domingo, após sofrer queda em uma pousada na Vila da Vacaria, em Fernando de Noronha, para onde tinha viajado com amigos para aproveitar o  feriado. Encontrado caído próximo a uma escada, chegou a ser socorrido e levado ao Hospital São Lucas, mas não resistiu ao ferimento na cabeça. A família do Dr. Felipe viajou para o Recife para liberar o corpo do médico, com previsão de chegada em Pato Branco no final da tarde desta segunda-feira (18).

Natural de São Lourenço do Oeste (SC), ele tinha 36 anos. Formou-se em dezembro de 2007 pela Universidade do Vale do Ivaí, tendo seguido depois para o Sudoeste paranaense. Era filho do também médico Dr. Bronislau Polan Breowicz (CRM-PR 1.046) e irmão da médica Dra. Sandra Broewicz Pederiva (CRM-PR 17.658). Também tinha outros familiares médicos. Outra irmão do Dr. Felipe, a empresária Ana Paula Slonski, publicou nota de pesar no Facebook: “O Felipe adorava as aventuras da vida, mas acabou sua jornada caindo de uma escada, em uma pousada, em Fernando de Noronha! Um acidente banal…”

PEDIATRA

Natural de São Gabriel (RS), oDr. Cezar Renato Saldanha Moreira tinha 63 anos. Ele se formou em novembro de 1980 na Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Especialista em pediatria, três anos depois de formado ele se registrou no Conselho de Medicina do Paraná. Atualmente, era sócio da empresa Costa Oeste Clínica de Serviços Médicos e atuava no Hospital Marechal Cândido Rondon, em Rondon, e no serviço público de saúde de Pato Bragado.

Ele sofreu acidente de trânsito às 7h30 desta segunda-feira (18), na rodovia PR-495, próximo à entrada do município de Pato Bragado. Dirigia um automóvel Citroen, com placas de Marechal Cândido Rondon, que saiu da pista e bateu contra árvore. O médico faleceu no local. O corpo seguiu para o IML de Cascavel e o sepultamento deve ocorrer na manhã desta terça em Rondon.

O hospital da cidade emitiu nota nesta segunda:

“É com pesar que comunicamos o falecimento do médico pediatra Cezar Renato Saldanha Moreira, 63 anos de idade. Ele atuava como médico em Marechal Cândido Rondon desde o início da década de 80. Desde sua formação atuou no Hospital Rondon e era médico credenciado à operadora de Planos de Saúde Sempre Vida. Também atuava como pediatra na rede pública. Era um importante parceiro que contribuiu para a manutenção da assistência pediátrica na cidade Marechal Cândido Rondon e também das cidades circunvizinhas. Aos amigos, colegas de profissão e especialmente aos familiares, nossos sentimentos.”

Com informação do Blog Boa noite.

TOPO