Dengue Pato
Bike Refran
Maquininhas
Prefeitura de Mercedes
Ortocolchões
Campanha Dengue
Banner Yamaha
FarmaVidda
Cotidiano

Vereador Arion propõe pavimentação asfáltica de todas as ruas do Parque Industrial II

Na sessão desta segunda-feira (02), o vereador rondonense Arion Nasihgil apresentou duas indicações. A primeira é para que a Prefeitura desenvolva um programa de pavimentação asfáltica de todas as ruas do Parque Industrial II. O objetivo é revitalizar esta região da cidade, que sofre com a precariedade da pavimentação, em sua grande parte, composta por antigas pedras irregulares, com muitos buracos e desníveis.

Arion se coloca à disposição na busca de recursos para as obras junto aos Governos do Paraná e Federal.

Outra indicação é para que a Prefeitura solucione com urgência a infiltração de água que está causando danos à farmácia da unidade de saúde do Loteamento Augusto. “A umidade poderá tornar ineficientes diversos remédios e insumos que exigem um estoque adequado”, alerta.

Já em dois requerimentos, o vereador apresenta pedidos de informações à administração municipal.

Um deles é encaminhado à Secretaria de Saúde, referente aos protocolos de regulação do acesso da atenção ambulatorial das especialidades médicas e dos exames complementares já recebidos e analisados pelo médico regulador. O objetivo é acompanhar o andamento da liberação de consultas e exames após a implementação do mencionado protocolo, instituído através do Decreto Executivo 139/2019, que trouxe requisitos mínimos para que encaminhamentos médicos desta natureza sejam autorizados.

Outro pedido de informações é para a Secretaria de Mobilidade Urbana, com relação às despesas com a aplicação de sinalização horizontal das ruas. Somente neste ano, por exemplo, através do Pregão Presencial 92/2019, houve a licitação de até R$ 128.560,50 para a aquisição de tinta para demarcação viária à base de solvente.

“Muito embora o valor esteja condizente com o preço de mercado destes itens, em contrapartida se denota que a sinalização aplicada possui pouca durabilidade, permanecendo normalmente apenas alguns poucos meses, após os quais as tintas começam a desbotar e até mesmo desaparecer e tornam a sinalização ineficiente”, avalia Arion.

Além de pedir que seja informado qual o valor gasto pela administração municipal desde 1º de janeiro de 2017 com a compra desses materiais, o vereador sugere à Prefeitura que estude a viabilidade da aquisição de laminado elastoplástico para utilização na sinalização viária horizontal, que tem durabilidade superior a três anos e representa um custo-benefício superior.

 

TOPO