Setembro
Núcleo 09
Dengue Pato
Bike Refran
Maquininhas
Nucleo
Banner Yamaha
FarmaVidda
Esportes

Apresentado, Zé Ricardo mira Libertadores e final de ano ‘à altura’ do Internacional

Show

Anunciado na última segunda-feira como novo técnico do Internacional, Zé Ricardo foi oficialmente apresentado no final na manhã desta terça-feira (22), no Beira-Rio, após o treino que o time gaúcho fez visando a partida contra o Bahia, no próximo sábado, às 19 horas, na Arena Fonte Nova, em Salvador, pelo Campeonato Brasileiro.

Contratado para dirigir o time em um compromisso firmado até o final deste ano, o treinador exaltou o fato de que assumiu o cargo com o objetivo principal de conquistar uma vaga na Copa Libertadores e exibiu confiança em uma trajetória de sucesso nas 11 rodadas restantes do Brasileirão.

“Temos muito potencial dentro do grupo. O Inter merece, por tudo que vem construindo, pelo menos uma classificação para a Libertadores. A partir de amanhã vamos começar a trabalhar para isso”, afirmou o comandante, que chegou a Porto Alegre apenas nesta terça-feira e a partir de quarta começará a dirigir os seus novos comandados – o trabalho da última manhã foi conduzido por Ricardo Colbachini, interino que estava à frente do time profissional após a demissão de Odair Hellmann.

O novo treinador colorado também destacou a força do elenco do Inter, que nesta temporada avançou às quartas de final da Libertadores e foi vice-campeão da Copa do Brasil, para apostar em uma grande arrancada neste segundo turno do Brasileirão. Atualmente, o clube ocupa a sexta colocação do torneio, com 42 pontos.

“O grupo tem um grande potencial, o que nos permite visualizar um final de ano à altura do que o clube merece. Não vai ser de graça, ninguém vai facilitar para a gente, mas sabemos da nossa força”, enfatizou Zé Ricardo, prometendo muito trabalho para recolocar a equipe gaúcha no caminho das vitórias. “Nosso dia a dia será muito intenso. Estarei no clube todos os dias para buscar a intimidade com os profissionais que aqui estão e, assim, alcançar o melhor rendimento possível dentro de campo”, projetou.

O técnico também lembrou de quando foi procurado pela direção colorada para assumir o cargo, depois de ter acumulado passagens frustrantes pelo comando do Botafogo e do Fortaleza nesta temporada. “Recebi um primeiro telefonema na sexta-feira e, desde o início, tudo foi conduzido com muita verdade e honestidade, o que merece ser enfatizado. Quando tomei a decisão, já sabia o que me esperava. Estou muito consciente do meu papel e aceitei o desafio de colocar o Inter na Libertadores de 2020”, afirmou Zé Ricardo.

O treinador também fez questão de elogiar o trabalho de longo prazo realizado por Hellmann, que ficou mais de dois anos à frente do Inter, e agora aposta que poderá aproveitar com sucesso o legado deixado pelo seu antecessor.

“Respeitamos muito o trabalho que vinha sendo feito e os resultados alcançados. Sabemos que não existe tempo para mudanças drásticas e, mais do que isso, reconhecemos que aqui existem muitas coisas boas que, somadas as nossas particularidades, têm tudo para maximizar o potencial do grupo”, disse.

DIRIGENTES EXALTAM APOSTA – O presidente do Inter, Marcelo Medeiros, e o diretor executivo do clube, Rodrigo Caetano, também estiveram presentes na apresentação oficial de Zé Ricardo e celebraram a chegada do novo comandante, embora o mesmo não tenha sido a primeira opção procurada pela diretoria para o lugar de Hellmann. Antes de fechar com o treinador, os dirigentes colorados chegaram a viajar até Buenos Aires para tentar contratar o técnico Eduardo Coudet, do Racing, atual campeão argentino, mas não tiveram sucesso.

“É grande a satisfação em apresentar um treinador que dispensa comentários. Trata-se de um profissional dono de uma carreira consolidada e que eu gostaria de agradecer publicamente pela decisão de abraçar esta missão. Desejo muito sucesso, com a certeza de que tua contribuição será fundamental para que possamos atingir as metas definidas”, afirmou Medeiros.

Caetano, por sua vez, destacou: “Na semana passada intensificamos a carga para que o Zé Ricardo ficasse conosco e, ontem (segunda-feira), após refletir, ele (Zé Ricardo) decidiu abraçar esta missão”.

Com informação da CGN

TOPO