Bike Refran
Ortocolchões
Sandras Publi
Casa da cuca
JR color
Banner Yamaha
FarmaVidda
Esportes

Despedida de Ana Paula Scheffer é marcada por saudade e tristeza

Marcada de muita saudade e tristeza. Assim foi a despedida de Ana Paula Scheffer de 31 anos, ex-atleta da Seleção Brasileira de Ginástica Rítima.

Muitos amigos e familiares participaram da celebração de corpo presente na manhã deste domingo (18) e na sequência partiram ao Cemitério Jardim da Saudade onde aconteceu o enterro.

A causa da morte é investigada, Ana Paula foi encontrada morta por volta do meio-dia de sexta-feira (16) e acredita-se que a causa seja infarto fulminante. Vários exames foram feitos e os laudos devem sair nos próximos dias.

Trajetória

A atleta começou aos nove anos na ginástica rítmica de Toledo. Com 14 anos, foi convocada à Seleção Brasileira da modalidade, onde conquistou medalha de bronze no aparelho Arco nos Jogos Pan-Americanos de 2007 no Rio de Janeiro. Em sua carreira, a atleta conquistou inúmeros títulos nacionais e internacionais e deixou a seleção, após oito anos, em virtude de uma lesão na coluna.

Atualmente, ela atuava como treinadora no Centro de Iniciação ao Esporte Alice Martelli, em Cascavel, passando seu legado para mais de 200 crianças que, antes da pandemia, puderam aprender mais sobre o esporte, disciplina, ética e respeito ao próximo com seus ensinamentos. Nos últimos tempos, ela estava à frente da equipe de rendimento da instituição.

Com dez anos de trabalho na cidade, ela se dedicava ao ensino de crianças e adolescentes de seis a 16 anos. Em julho de 2018, em uma de suas participações no “Bate Papo de Esportes”, na Catve, a profissional relembrou sua trajetória e destacou suas conquistas à frente das equipes de ginástica rítmica da cidade.

Os treinos deste ano foram mantidos em sua maioria de forma remota em razão da pandemia, mas recentemente as equipes retomaram as atividades presenciais.

Com informacão e foto. Catve
TOPO