Dengue Pato
Bike Refran
Prefeitura de Mercedes
Ortocolchões
Sandras Publi
Família Acolhedora
Dengue antes
Casa da cuca
IPTU
Banner Yamaha
FarmaVidda
Esportes

NBA aprova formato de disputa e temporada retorna em 31 de julho

Agora é oficial: a temporada da NBA está prestes a ser retomada. De acordo com Adrian Wojnarowski, da ESPN, os donos das franquias da liga aprovaram o formato de disputa apresentado pelo comissário Adam Silver nessa quinta-feira e os jogos vão voltar a ser disputados a partir de 31 de julho. Somente 22 dos 30 times, por limitação de riscos, estão convidados para competirem na reta final da campanha. Dos 30 votantes, só o Portland Trail Blazers foi contra a proposta.

Os elencos das 22 equipes ficarão sediados na cidade de Orlando, em ambiente seguro e controlado pela NBA, com todas as partidas restantes a serem realizadas no Walt Disney World Resort. Os times deverão ter cerca de três semanas para o período de preparação e treinos antes do reinício do calendário, que incluirá oito partidas de fechamento de temporada regular para cada franquia.

Além das 16 equipes que ocupavam a zona de classificação aos playoffs quando a NBA paralisou suas atividades, os seis concorrentes que estavam a até seis jogos da oitava posição de suas conferências foram convidados para disputarem a reta final do torneio regular: Blazers, New Orleans Pelicans, Sacramento Kings, San Antonio Spurs, Phoenix Suns e Washington Wizards.

Os seis times terão uma chance de chegar aos playoffs, mas, para isso, terão que atingir metas pré-determinadas: além de garantirem a nona posição de suas conferências – o que o Wizards, como o único representante do Leste nessa “repescagem”, já tem como garantia -, as equipes precisarão usar as oito partidas finais para ficarem a mínimo de quatro jogos de desvantagem do oitavo colocado.

Caso confirme-se essa situação, a última vaga da conferência será disputada entre os oitavo e nono colocados em uma série de até dois jogos. A franquia de melhor recorde joga por uma vitória, enquanto o dono da nona colocação precisa vencer duas vezes para entrar no mata-mata. A partir de então, com os oito classificados definidos, os playoffs tendem a seguir o seu ritmo normal.

As partidas deverão acontecer em um estilo de programação semelhante às Ligas de Verão, realizadas consecutivamente em um mesmo dia e local. O número de jogos diários, obviamente, será reduzido com o avanço da competição para as etapas mais agudas. A expectativa da liga é que a temporada termine, na mais longa de todas as hipóteses, em 12 de outubro.

A convivência em Orlando será regida por um protocolo de segurança pré-determinado. Segundo Ramona Shelburne, da ESPN, jogadores e técnicos até terão liberdade para saírem e realizarem refeições na região, por exemplo, mas serão obrigados a seguirem praticando o distanciamento social. Atletas serão submetidos a testes para a Covid-19 regularmente e, se algum caso for registrado, esse indivíduo será afastado de imediato.

Os oito times que não estão convidados para participarem do final da temporada estão em negociações com a NBA agora para que sejam contemplados com alternativas de renda extra, promoção e mobilização do basquete local por conta do longo período de inatividade da franquia. É provável que opções já comecem a ser levantadas na próxima reunião da liga com a Associação dos Jogadores.

Ficaram ainda definidas pela direção da liga algumas das datas de eventos importantes que dependem do andamento da temporada: a loteria do draft acontecerá em 25 de agosto, o recrutamento vai ser realizado em 15 de outubro e a agência livre começa três dias depois, em 18 de outubro.

Blog Jumper Brasil/Lance!
TOPO