Bike Refran
Ortocolchões
Sandras Publi
Casa da cuca
JR color
Banner Yamaha
FarmaVidda
Esportes

Paranaense vence a Corrida 1 da Copa HB20 em Goiânia

A Copa HB20 concluiu a metade da maratona de Goiânia no sábado (15), com a realização das duas provas válidas pela 2ᵃ etapa. Neste domingo serão mais duas provas, válidas pela 3ᵃ etapa.

As duas provas deste sábado foram movimentadas, A categoria Pro, a vitória na corrida 1 foi de Edgar Favarin (paranaense de Cascavel). Já na corrida 2 o vitorisoso foi Diego Ramos. Rafael Reis e Keka Teixeira foram os ganhadores na categoria Super.

Favarin havia conquistado a pole position no treino classificatório, mas não teve vida fácil na primeira corrida. O piloto, que forma dupla com Odair Santos, manteve a liderança e segurou a pressão de André Bragantini até o final. Bragantini terminou em segundo, Diego Augusto em terceiro, Luiz Sena Jr em quarto e Beto Cavaleiro completou o pódio.

Na Super, o jovem estreante Rafael Reis foi o vencedor da primeira prova. Destaque do kartismo nacional e correndo em dupla com seu irmão Leandro, Rafael Superou competidores mais experientes para vencer em sua primeira corrida, aos 18 anos. Edgar Colamarino terminou com a segunda posição, seguido por Antonio Junqueira, Marcos Lelac e Keka Teixeira.

Na segunda prova, outro jovem de 18 anos venceu, dessa vez na Pro. O paulista Diego Ramos largou na primeira posição e se manteve na liderança de ponta a ponta, garantindo a primeira vitória na categoria. O jovem conseguiu se defender dos ataques de Luiz Sena Jr na parte final da prova e cruzou a linha de chegada na liderança, com Seninha em segundo, Beto Cavaleiro em terceiro, Raphael Abbate em quarto e Bruno Testa completando o pódio

A Copa HB20 retorna à pista neste domingo, a partir das 8 horas para um warmup. A classificação começa às 8h20 e as duas prova finais acontecem às 11h20 e às 16h20.

Confira o resultado da corrida 1:

1°) Edgar Favarin (Pro) – 13 voltas em 27m07s426

2°) André Bragantini (Pro) – a 0s332

3°) Diego Augusto (Pro) – a 0s951

4°) Luiz Sena Jr (Pro) – a 1s544

5°) Beto Cavaleiro (Pro) – a 2s487

6°) Raphael Abbate (Pro) – a 3s122

7°) Diego Ramos (Pro) – a 3s630

8°) Luiz Cordeiro (Pro) – 4s155

9°) Alberto Catucci (Pro) – a 4s288

10°) Daniel Nino (Pro) – a 5s030

11°) Lucas Bornemann (Pro) – a 5s500

12°) Chris Bornemann (Pro) – a 7s345

13°) Rafael Reis (Super) – a 7s882

14°) Kleber Eletric (Pro) – a 7s984

15°) Edgar Colamarino (Super) – a 8s343

16°) Antonio Junqueira (Super) – a 8s589

17°) Marcos Lelac (Super) – a 9s376

18°) Keka Teixeira (Super) – a 9s940

19°) Caito Carvalho (Pro) – a 11s210

20°) Alexandre Canassa (Super) – a 11s906

21°) Marcus índio (Super) – a 12s380

22°) Pedro Perdoncini (Super) – a 13s228

23°) Leandro Parizotto (Super) – a 14s230

24°) Cassio Cortes (Pro) – a 14s772

25°) Luiz Albuquerque Filho (Super) – a 15s336

Veja como ficou a corrida 2

1°) Diego Ramos (Pro) – 13 voltas em 26min50s775

2°) Luiz Sena Jr. (Pro) – a 0s831

3°) Beto Cavaleiro (Pro) – a 1s008

4°) Raphael Abbate (Pro) – a 3s465

5°) Bruno Testa (Pro) – a 9s328

6°) Wagner Cardoso (Pro) – a 12s869

7°) Daniel Nino (Pro) – a 13s511

8°) Kleber Eletric (Pro) – a 16s101

9°) Luciano Viscardi (Pro) – a 17s282

10°) Lucas Bornemann (Pro) – a 18s211

11°) Keka Teixeira (Super) – a 18s899

12°) Chris Bornemann (Pro) – a 21s858

13°) Edgar Colamarino (Super) – a 22s327

14°) Antonio Junqueira (Super) – a 24s484

15°) Odair Santos (Pro) – a 24s882

16°) Cassio Cortes (Pro) – a 27s408

17°) Marcelo Giarreta (Super) – a 30s985

18°) Diego Vallini (Super) – a 31s922

19°) Edson dos Reis (Super) – a 33s854

20°) Rafael Maeda (Super) – a 36s262

21°) Thiago Sansana (Super) – a 37s359

22°) Marcelo Zebra (Super) – a 40s198

23°) Fabio Albuquerque (Super) – a 42s014

24°) Eduardo Doriguel (Pro) – a 44s310

25°) Marcus Leão (Super) – a 45s026

26°) Leandro Parizotto (Super) – a 46s261

27°) Lula Albuquerque (Super) – a 48.676

28°) Thaline Chicoski (Super) – a 1min24s456

29°) Luiz Cordeiro (Pro) – a 1 volta

30°) André Bragantini (Pro) – a 4 Voltas

31°) Enrico de Lucca (Super) – a 8 voltas

32°) Renata Camargo (Super) – a 11 voltas

33°) Leonardo Reis (Super) – a 13 voltas

34°) Caito Carvalho (Pro) – a 13 voltas

35°) Rodrigo HB (Super) – desclassificado

Fotos: Vanderley Soares

Com informação da Catve

TOPO