Bike Refran
Ortocolchões
Sandras Publi
Casa da cuca
JR color
Banner Yamaha
FarmaVidda
Esportes

Secretaria de Estado da Saúde diz que não validou jogos de futsal no Paraná

O retorno do futsal no Paraná acontece com as discussões dos protocolos de segurança sanitária em andamento. Pelo menos é o que informa a Secretaria de Estado da Saúde.

A pasta divulgou uma nota oficial informando que não validou o retorno dos jogos de futebol de salão sem o devido cumprimento dos protocolos de segurança, ou seja, jogos realizados sem a realização de testes dentro dos padrões estabelecidos pelas autoridades de saúde.

A informação foi publicada logo após as confirmações de jogos pela Liga Nacional de Futsal, Série Ouro do Campeonato Paranaense e Série Prata do Campeonato Paranense. Ao todo serão disputadas cinco partidas no Estado entre neste sábado. Uma pela LNF, outra pela Série Ouro e mais três pela Série Prata.

O Estado afirma que vem dialogando com os representantes do futsal, a última reunião foi realizada nesta semana, mas não deixa claro se durante as conversas decidiu autorizar o retorno de forma oficial. Assim aqueles jogos que forem realizados sem o cumprimento integral do protocolo serão de responsabilidades dos clubes envolvidos.

A SESA reitera que a testagem pelo padrão RT-PCR faz parte das exigências para que atletas, comissão técnica, arbitragem e colaboradores possam realizar as partidas.

LNF
A Liga Nacional de Futsal esclarece que tem um protocolo definido para o retorno do campeonato. O documento diz que precisa ser respeitado os seguintes pontos:

Distanciamento Social: Atletas e membros da comissão técnica, caso possível, devem permanecer isolados em CT ou hotéis.

Medidas de Higienização: Todos os ambientes utilizados devem estar bem ventilados e devem ter seu layout modificado para garantir o distanciamento entre as pessoas.

Ajustes e Sanitização dos Ambientes: Constante atualização das informações preventivas e status da COVID-19 em cada clube.

Utilização de EPIS: É obrigatório o uso de máscaras faciais por todos os envolvidos durante todo o período de convivência. Exceção feita aos que estão praticando exercício em alta intensidade.

Controle e Monitoramento: Realização de testes conforme necessidade. Monitorização de sintomas e temperatura dos envolvidos. Fiscalização do cumprimento das ações preventivas. Monitoramento dos casos de COVID-19 pelos clubes com comunicação imediata e obrigatória à LNF.

FPFS
A Federação Paranaense de Futebol de Salão também afirma que os protocolos foram criados visando a segundo de todos os envolvidos nas partidas e respeitando decretos municipais.

Duas partidas da Série Prata previstas para este sábado (22) foram adiadas. O duelo entre Mariópolis e Maringá, que deveria ocorrer no Sudoeste, foi suspenso. A prefeitura de Maringá não liberou os atletas para treinos, jogos e viagens.

O Pitanga receberia o Pinhão nesta primeira rodada, mas como quatro atletas do Pinhão testaram positivo para o novo coronavírus o confronto foi adiado. Segundo o clube todos os positivados são assintomáticos.

Confira a nota oficial da SESA:
“A Secretaria de Estado da Saúde não validou o retorno dos jogos de futebol de salão sem o devido cumprimento dos protocolos de segurança. A testagem pelo padrão RT-PCR faz parte das exigências para que atletas, comissão técnica, arbitragem e colaboradores possam realizar as partidas. O Estado vem dialogando com todos os segmentos, sempre na premissa de preservar a saúde dos envolvidos, inclusive realizou uma reunião com os representantes do futsal no Paraná nesta semana. Neste sentido é necessário que as condições efetivas de segurança para o retorno das partidas, cumprindo os protocolos e exigências sanitárias, sejam atendidas.”

Com informação da catve

TOPO