Bike Refran
Ortocolchões
Sandras Publi
Casa da cuca
JR color
Banner Yamaha
FarmaVidda
Policial

Casal de Cascavel tem WhatsApp clonado e faz alerta quanto a ação dos criminosos

Um casal morador em Cascavel foi vítima do “golpe do WhatsApp” na terça-feira (18).

Conforme os relatos, a mulher recebeu uma ligação de um indivíduo que dizia ser da central de atendimento de um site de vendas, onde a mulher possui anúncio. Se passando por um profissional, o homem dizia que o motivo da ligação era para confirmar os dados da anunciante, bem como outros números para contatos com ela, para suposta validação de anúncio no site. A mulher repassou, então, o número do celular do marido.

Prosseguindo com a armação, o criminoso disse que encaminharia SMS para ambos os números e que o casal deveria responder, durante a ligação do golpista, um código numérico com seis dígitos que apareceria nas mensagens de SMS.

Através deste código de acesso e com o número do telefone, os golpistas conseguiam clonar o Whats das vítimas e se passar por elas para conversar com os contatos.

Já depois de clonadas as contas, os golpistas iniciam diálogos com amigos e familiares das vítimas, informando um história fictícia e pedindo ajuda a eles para fazer transferências bancárias, sob promessa de devolução do dinheiro no dia seguinte. Felizmente, nenhum dos contatos acabou perdendo dinheiro para esta ação criminosa.

O casal procurou a Polícia Civil, mas pelo fato de nenhum dos seus contatos terem sido lesados financeiramente, não foi possível a confecção do boletim de ocorrência.

A internauta deixa um alerta para que as pessoas que receberem contatos suspeitos como este, que evitem de ‘cair’ na armadilha dos golpistas. Também é válido avisar aos amigos e familiares para que estejam atentos quanto a solicitações de depósitos e transferências.

Quem receber mensagem via WhatApp solicitando transferência de dinheiro ou depósitos, deve fazer contato telefônico e conversar diretamente com o contato para confirmar se o pedido é verdadeiro, ou se trata-se de golpe.

Com informação da CGN

TOPO