Dengue Pato
Bike Refran
Prefeitura de Mercedes
Ortocolchões
Sandras Publi
Família Acolhedora
Dengue antes
Casa da cuca
Banner Yamaha
FarmaVidda
Policial

Depois de cinco meses internada, mulher que teve corpo queimado pelo marido morre no hospital

Depois de cinco meses lutando pela vida, morreu neste sábado (07), Sirlene do Rocio Puchalski, de 38 anos.
Sirlene estava internada no Hospital Evangélico desde o dia 11 de agosto, quando sofreu queimaduras por todo o corpo, depois que seu marido espalhou álcool sobre ela e ateou fogo.


o homem, de 48 anos foi preso no mesmo dia por guardas municipais, e com ferimentos nos braços causados pelas chamas, foi encaminhado ao mesmo hospital, e logo em seguida à delegacia.


No perfil de Sirlene no Facebook, logo abaixo da foto, uma legenda: “Nunca desistir”, demonstra a força de mais uma vítima de feminicídio registrada em Campo Largo. Em abril de 2018, um caso parecido vitimou Dorli Novaki, de 40 anos. Seu marido, causador dos ferimentos, permanece foragido.


O corpo de Sirlene foi recolhido ao Instituto Médico Legal de Curitiba, devendo ser liberado ainda nesse sábado (07), para o velório na Capela Municipal e sepultamento no mesmo Campo Santo neste domingo (08).

Com informação do JORNAL DA CIDADE*

TOPO