Dengue Pato
Bike Refran
Prefeitura de Mercedes
Ortocolchões
Sandras Publi
Família Acolhedora
Dengue antes
Casa da cuca
IPTU
Banner Yamaha
FarmaVidda
Policial

Paraná não registra homicídios em 61% dos municípios

Mais da metade dos municípios paranaenses, 244 cidades, não registraram homicídios dolosos durante o primeiro trimestre deste ano. A informação foi divulgada nesta quinta-feira (28) em Relatório de Crimes Relativos a Mortes, da Secretaria de Estado da Segurança Pública, que também mostra alta redução no número de latrocínios e lesão corporal seguida de morte no Estado, quando comparados com o mesmo período do ano anterior.
Em 93% dos municípios (373), foram registrados menos de quatro homicídios dolosos ou nenhum homicídio no período. E, em 77 municípios, foi apresentada redução durante o período quando comparados com o mesmo intervalo de tempo do ano anterior.
O secretário da Segurança Pública, Romulo Marinho Soares, afirmou que a Pasta continua sempre buscando desenvolver ações que combatam a criminalidade. “Semanalmente nos reunimos com as forças policiais para avaliar e analisar estatísticas e ações, buscando sempre melhorar o atendimento e a proteção da população, seja por meio do trabalho da Polícia Militar nas ruas, pela investigação da Polícia Civil, ou pelo serviço de inteligência das instituições e do Departamento de Inteligência do Paraná”, explicou.

Dentre as regiões que reduziram o número de homicídios dolosos no período, está a 6ª Área Integrada de Segurança Pública (AISP) de União da Vitória, que registrou redução de 50% (de dois homicídios no primeiro trimestre de 2019, para um no mesmo período deste ano).

Outra AISP que apresentou queda foi a 9ª de Pato Branco, com 45,4% (de 11 nos três primeiros meses do ano passado para seis em janeiro, fevereiro e março deste ano juntos). A 22ª AISP de Telêmaco Borba também teve redução de 43,4% (23 no período em 2019 e 13 em 2020).

Ponta Grossa e região, correspondentes à 4ª AISP, tiveram diminuição de 10% no número de homicídios dolosos: de 30 no primeiro trimestre de 2019 para 27 no período deste ano. Já na 18ª AISP de Apucarana, a queda foi de 20% (de 10 para 8 no primeiro trimestre deste ano).
LATROCÍNIOS – Em janeiro, fevereiro e março deste ano juntos foram registrados 12 latrocínios, roubo seguido de morte, em todo o Estado, o número é 58% menor que as 29 ocorrências do crime durante o mesmo período do ano anterior.

LESÃO CORPORAL SEGUIDA DE MORTE – Outro crime que apontou queda em todo o Estado foi lesão corporal seguida de morte. Durante o primeiro trimestre deste ano foram 12 registros, contra 21 no mesmo intervalo de tempo do ano anterior, uma queda de 42%.

FEMINICÍDIOS – Esta é a primeira divulgação do número de feminicídios em Relatório Estatístico da Pasta. A partir desta publicação, a cada trimestre, as informações serão publicadas no site da Secretaria, dentro do Relatório de Crimes Relativos a Mortes. Estarão disponíveis as informações dos 399 municípios paranaenses.

Nesta primeira divulgação, o relatório aponta para o número de 23 feminicídios em todo o Paraná no primeiro trimestre deste ano. Este número de casos também está contabilizado no número de homicídios, que, segundo consta no relatório, resultou em 574 mortes no trimestre de 2020.

DENÚNCIAS – A Secretaria da Segurança solicita que qualquer informação relacionada a crimes relativos a mortes ocorridos no Paraná e que possam auxiliar nas investigações criminais seja repassada aos órgãos de segurança.

A ação poderá ser feita por meio de denúncia anônima, pelo Disque Denúncia 181. “A Secretaria conta com a comunidade em relação às denúncias de crimes, pois dessa forma é possível readequar ações policiais e planejar futuras medidas”, disse o secretário Marinho.

Com informações da AEN

TOPO