Bike Refran
Ortocolchões
Sandras Publi
Casa da cuca
JR color
Banner Yamaha
FarmaVidda
Política

Senadores lamentam morte de ex-deputado vitima de covid-19

Senadores lamentaram nas redes sociais a morte do ex-deputado federal Caio Nárcio (PSDB-MG), que faleceu no domingo (16) aos 33 anos em decorrência de complicações da covid-19. O político estava internado há cerca de um mês em São Paulo para tratamento de meningoencefalite autoimune, condição que provoca inflamação no cérebro, quando foi diagnosticado com o coronavírus, e não resistiu.

Ao se manifestar sobre o falecimento do colega de trabalho, o senador Izalci Lucas (PSDB-DF) destacou a parceria que teve com o ex-deputado em pautas pela educação e outras lutas na Câmara dos Deputados.

“Foi com tristeza que recebi a notícia do falecimento do ex-deputado Caio Nárcio, meu amigo e companheiro de partido. Um político jovem e promissor que fará muita falta. Meus sentimentos aos familiares”, registrou.

Antonio Anastasia (PSD-MG) ressaltou o profundo pesar com que recebeu a notícia sobre o falecimento de Caio Nárcio. O senador afirmou que vai guardar a memória do ex-deputado “continuando a trabalhar por um país melhor, mais justo e desenvolvido, como ele faria”. Anastasia também prestou seus sentimentos aos familiares e amigos de Caio.

“Um jovem aguerrido, com muitas convicções e sonhos e que, infelizmente, nos deixa de maneira tão precoce. Caio lutou pela vida com garra e afinco, como lutou por uma Minas e por um Brasil melhor ao longo de sua breve, mas marcante, trajetória na vida pública. Sentirei saudades”, disse.

Mesma opinião sobre o ex-deputado tem o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), para quem Caio era uma nova promessa da política brasileira.

“O Brasil perde um de seus jovens políticos mais promissores, um tucano de larga tradição familiar e com muito ainda a contribuir. Nossa solidariedade à família e amigos de Caio Nárcio, filho do ex-deputado Nárcio Rodrigues, a quem dirigimos nossas orações neste momento de tristeza”, declarou.

Os senadores Plínio Valério (PSDB-AM) e Roberto Rocha (PSDB-MA) também declararam seus sentimentos sobre a perda do companheiro de trabalho.

“Recebi com muita tristeza a notícia do falecimento do amigo, ex-deputado federal Caio Nárcio, que aos 33 perdeu para a covid-19. Era filho de Nárcio Rodrigues, de quem fui colega na Câmara. Peço a Deus que o receba em seu reino e conforte toda família”, publicou Roberto Rocha na internet.

Trajetória na Câmara

Caio Nárcio foi eleito para a Câmara dos Deputados em 2014, atuando como deputado federal de 2015 a 2019, onde foi vice-líder do PSDB e da Minoria. O parlamentar integrou a Comissão Parlamentar de Inquérito do Sistema Carcerário e presidiu a Comissão de Educação. Também foi membro suplente da Comissão de Minas, Energia e da Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática.

O ex-deputado apresentou diversos projetos de lei, entre eles o PL 8.601/2017, que excluía a incidência do limite remuneratório sobre os valores recebidos a título de bolsa de incentivo à pesquisa e desempenho cientifico ou tecnológico do teto remuneratório constitucional; e o PL 5.509/2016, que dispõe sobre a redução de encargos sociais de empregadores que contratam jovens de 18 a 24 anos em seu primeiro emprego.

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), lamentou a morte do colega. “Tive a oportunidade de ser deputado juntamente com ele na legislatura passada, quando aprovamos muitos projetos em parceria. É uma perda muito grande para todos nós”, lamentou.

Crédito: Billy Boss/Câmara dos Deputados

Informações Assessoria do Senado Federal.

TOPO