Setembro
Núcleo 09
Dengue Pato
Bike Refran
Maquininhas
Prefeitura de Entre Rios do Oeste
Nucleo
Banner Yamaha
FarmaVidda
Trânsito

Jovem é enterrada vestida de noiva no dia em que seria realizado o casamento

Show

Uma jovem foi enterrada vestida de noiva no dia em que seria realizado seu casamento, na sexta-feira (1º), em São Paulo. A professora Milena Toschi de Andrade, de 23 anos, morreu após ser atropelada por uma motocicleta na quinta-feira (31).

A decisão partiu da mãe e do noivo da vítima, Ivan Viana. Ambos concordaram que enterrar a professora com o vestido de casamento seria uma forma de homenagear Milena.

Post emocionante sobre professora enterrada com o vestido de noiva

O casal, junto há 8 anos, iria realizar o casamento e a festa nesta sexta para depois seguir para a lua-de-mel em Cancún.

Em sua rede social,  Ivan postou um texto emocionante sobre a perda de seu grande amorVeja abaixo: 

“Me dói tanto saber que ontem estávamos tão felizes por nossas conquistas, por nosso amor ser tão grande, por saber que amanhã iríamos realizar o nosso maior sonho que era nos casar”, diz parte da publicação.

Noiva morre atropelada

noiva foi atropelada na Rodovia Manuel Silvério Pinto, em Francisco Morato, na Grande São Paulo, quando seguia para a escola onde trabalhava para se despedir de colegas antes de sair de lua-de-mel.

Segundo a Polícia Civil, Milena teria tentado atravessar a rua, de forma repentina, fora da faixa de pedestre. Por conta do fluxo de veículos, o motoqueiro, de 21 anos, não conseguiu frear, atingindo a vítima.

Os dois foram socorridos e encaminhados ao Hospital Estadual de Francisco Morato, também conhecido como Hospital Lacaz, mas a jovem noiva não resistiu aos ferimentos e morreu.

Piloto responde por homicídio culposo

O caso foi registrado como homicídio culposo na direção de veículo automotor na Delegacia Central de Francisco Morato. A Polícia Civil reitera que a ocorrência trata-se apenas de um acidente de trânsito.

Moradores da região e amigos do casal protestaram pelas condições da via, queimando pneus e pedindo por justiça. A Prefeitura de Francisco Morato informou que reparos estão programados no local, e que aguarda a liberação de verbas do estado. O projeto consiste em recapear a pista, reduzir a velocidade no local, além de melhorar a sinalização.

Com informação RicMais

TOPO