Setembro
Núcleo 09
Dengue Pato
Bike Refran
Maquininhas
Nucleo
Banner Yamaha
FarmaVidda
Cotidiano

Carreta do Conhecimento chega a mais de 50 famílias do Cadúnico em Pato Bragado

Show

Autoridades de Pato Bragado e organizadores do projeto Carretas do Conhecimento celebraram na noite de ontem (09), a chegada da Carreta do Conhecimento e com ela o curso de corte e costura industrial, de 80 horas/aula, beneficiando mais de 50 famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico). Todos serão certificados pelo Senai ao término das aulas, previsto para 05 de novembro.
O município está entre as 46 cidades paranaenses que conta com o projeto que é uma parceria da Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho com a Volkswagen e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Paraná (Senai) que oferece cursos profissionalizantes e gratuitos à população.
A carreta é adaptada à escola móvel e conta com infraestrutura completa para realização do curso a turmas dos períodos da manhã, tarde e noite.
O curso foi solicitado pela Secretaria Municipal de Indústria Comércio, Turismo e Desenvolvimento Econômico, com apoio da Secretaria Municipal de Assistência Social.
No ato de abertura estiveram presentes o prefeito Leomar Rohden, o Mano, vice Dirceu Anderle, chefe do escritório regional da Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho, Claudecy Costa Ferreira, coordenadora de Educação Sesi/Senai na região, Kátia Seidel, secretário de Indústria, Comércio, Turismo e Desenvolvimento Econômico, Ageu Fidler, Secretária de Assistência Social, Ivanir Maehler, vereadora Marli Wollmann e secretário de Viação e Obras, Sérgio Gossenheimer e chefe da Unidade de Comércio e Serviços, Mariano Scharnetzki.
Ageu afirma que além desse curso, outros como o de aperfeiçoamento em solda, informática e boas práticas de fabricação também foram disponibilizados de forma gratuita e pelo Governo Municipal. Fruto disso e outras ações ele comemora a geração de 87 novos postos de trabalho, de janeiro a agosto, com base no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). “É um dos maiores índices da microrregião”, comemora.

TOPO