Dengue Pato
Bike Refran
Prefeitura de Mercedes
Ortocolchões
Sandras Publi
Família Acolhedora
Dengue antes
Casa da cuca
IPTU
Banner Yamaha
FarmaVidda
Cotidiano

Educação realiza entrega de 300 toneladas alimentos perecíveis em Ponta Grossa

A Secretaria Municipal de Educação iniciou na segunda-feira (25),  mais uma rodada de entrega de alimentos para os alunos dos Centros Municipais de Educação Infantil e das Escolas Municipais de Ponta Grossa. Estão sendo entregues 300 toneladas de alimentos perecíveis para todas as famílias dos alunos matriculados. Os produtos seriam aqueles utilizados pelas unidades escolares para a alimentação escolar, durante o período de pandemia em que a Educação está mantendo as aulas pela TV Educativa e pela internet.

As entregas seguem até 29 de maio, conforme o agendamento de cada unidade. No mês de abril, a primeira entrega realizada pela SME contemplou somente os alunos em condições socioeconômicas de vulnerabilidade, com produtos perecíveis e não-perecíveis. Já na nova entrega, serão contempladas todas as crianças.

Desta vez, a forma de entrega será semelhante, porém, a maior parte dos kits será formada por alimentos perecíveis. Eles são adquiridos com o valor destinado para a compra da alimentação escolar de 2020, que tem previsão total de aproximadamente R$ 18 milhões.

Conteúdo

Estão incluídos produtos hortifruti, provenientes da Agricultura Familiar, disponibilizados pelas associações dos agricultores – fornecedores da alimentação escolar. As crianças receberão carnes de gado, ave e suína, leite, frutas, tubérculos e legumes. Entre eles estão maçãs, bananas, mamões, laranjas, limões, poncãs, melões e caquis; batata, batata-salsa e doce, além de aipim. Beterraba, cenoura, pepino, alface, brócolis, repolho, couve manteiga, almeirão e acelga.

495 toneladas

Somando a entrega desta semana, a SME irá destinar durante o período de pandemia um total de 495 toneladas de alimentos – foram 195 toneladas em abril e outras 300 agora. Com eles foram montados cerca de 13 mil kits de alimentos em abril e nesta oportunidade, 32 mil. Os recursos são oriundos do Plano Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).

TOPO