Ortocolchões
covid pato
Visual Modas Store Inauguração
COVID-19
Banner Yamaha
Cotidiano

Exército conhece projeto do Paraná para abrigar Escola de Sargentos

O Governo do Estado apresentou, na terça-feira (23), para o comando do Exército Brasileiro o projeto de Ponta Grossa para receber a nova Escola de Sargentos das Armas, a ESA. A cidade dos Campos Gerais concorre com Santa Maria (RS) e Recife (PE), após passar por uma triagem que envolveu 16 municípios. A escolha da sede será definida até o início do segundo semestre deste ano, com prazo de construção estimado em quatro anos.

A reunião, no Palácio Iguaçu, foi liderada pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior e pela prefeita de Ponta Grossa, Elizabeth Schmidt. O gerente do projeto da nova escola de formação de sargentos de carreira, general Joarez Alves Pereira Júnior, representou o comando militar.

O general explicou que a intenção do Exército é desativar os 16 locais que servem de centros de formação atualmente, o mais tradicional deles em Três Corações (MG). O desejo é concentrar toda a estrutura na nova sede, projetada especialmente para receber os alunos.

De acordo com ele, são cerca de 2,2 mil alunos matriculados na ESA, além de uma população periférica formada por professores e familiares estimada em outras 4 mil pessoas. “Chegamos em uma etapa decisiva do projeto, o momento de aprofundar os estudos em torno da viabilidade. E, sem dúvidas, pelas condicionantes do município e do Estado, Ponta Grossa é uma grande candidata”, destacou.

O terreno disponibilizado na cidade conta com uma área de 41,38 quilômetros quadrados. Além disso, um segundo espaço, de 18,08 quilômetros quadrados em Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba, complementará a candidatura – o local será disponibilizado para a realização do que o Exército chama de instruções especiais (prática de atividades de campo).

Foto: Jonathan Campos/AEN-PR
AEN-PR
TOPO