Bike Refran
Ortocolchões
Sandras Publi
Família Acolhedora
Dengue antes
Casa da cuca
Banner Yamaha
FarmaVidda
Cotidiano

Hospital Rondon emite nota sobre óbito de idosa que testou positivo para Covid-19

O Hospital Rondon emitiu uma nota de esclarecimento na tarde do domingo (12), na sua rede social facebook.

Confira na íntegra:

Marechal Cândido Rondon, 12 de Julho de 2020

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Em decorrência do falecimento da paciente de 88 anos, com diagnóstico de Acidente Vascular Cerebral Hemorrágico, no Hospital Rondon, ocorrido no dia de hoje, esclarecemos:
– A COVID-19 é uma doença de transmissão comunitária, como é de conhecimento da sociedade. Portanto, a precisa identificação epidemiológica e seus vínculos é impossível de ser determinada.
– No caso em questão, a paciente foi submetida ao teste de RT-PCR, o padrão-ouro para diagnóstico da doença e este teve resultado positivo para COVID-19. Esse teste foi realizado com menos de 24 horas após a internação da paciente, tendo em vista a necessidade de abertura de protocolo de morte encefálica, dada a gravidade da lesão cerebral. Importante frisar que a mesma estava sem sintomas gripais, no momento da admissão hospitalar, assim como os familiares que a acompanhavam.
– O protocolo de Morte Encefálica – Decreto Nº 9175/2017, que regulamenta a Lei Nº 9434/1997 – é um dispositivo aplicado à pacientes com lesão neurológica aguda grave e quando positivo, define o óbito do paciente. Executa-se tal conduta com o objetivo de reduzir o sofrimento do paciente e seus familiares ou para doação consentida de órgãos e tecidos.
– Todos os protocolos vigentes para contingenciamento e proteção das equipes e profissionais envolvidos foram aplicados, mitigando a possibilidade de transmissão nos ambientes em que ela esteve e permaneceu internada. Isto posto, explica que a possibilidade de ter havido contaminação no ambiente hospitalar tanto da equipe, quanto da paciente, é praticamente nula.
– Desde o diagnóstico de COVID-19 da referida paciente, a equipe médica e a Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) mantiveram contato constante com a Secretaria Municipal de Saúde/Serviço de Epidemiologia para alinhamento das condutas que foram tomadas.

Reiteramos que o Hospital Rondon segue todos os protocolos técnicos de assistência para garantir a segurança dos seus clientes e colaboradores.

Atenciosamente,
Ana Carolina H. Seyboth – Diretora
Alexandre Daronco – Médico Infectologista/Presidente CCIH
Angelita T. L. Taffarel – Gerente Assistencial
Bruno G. S. Rigon – Diretor Clínico
Eduardo H. Seyboth – Diretor Técnico Interino
Vanessa C. Schuck – Enfermeira CCIH.

Marechal News com assessoria

TOPO