Dengue Pato
Bike Refran
Prefeitura de Mercedes
Ortocolchões
Sandras Publi
Família Acolhedora
Dengue antes
Casa da cuca
IPTU
Banner Yamaha
FarmaVidda
Cotidiano

Justiça nega liminar para que empresa reabra as portas em Toledo

A Justiça de Toledo negou uma liminar para que uma empresa de materiais para construção mantivesse suas portas abertas durante o surto de coronavírus, contrariando o decreto municipal que determina a suspensão temporária das atividades.

Na ação, a empresa alegou que a atividade da construção civil foi considerada pelo Governo do Estado como essencial, podendo, dessa maneira, continuar a ser exercida, “apesar do momento delicado que o país atravessa”.

O juiz Marcelo Marcos Cardoso, da 1ª Vara da Fazenda Pública, indeferiu o pedido, “diante do não preenchimento dos seus requisitos”. O magistrado destacou que a empresa consiste na venda de mercadorias e não no ramo da construção em si.

A empresa, que também possuí lojas em Cascavel, também ingressou com um mandado de segurança junto à Vara da Fazenda Pública, pleiteando a retomada das atividades. Entretanto, ainda não houve uma decisão no processo, que é acompanhado pelo juiz Eduardo Villa Coimbra Campos.

Com informação da Catve

TOPO