Bike Refran
Ortocolchões
Sandras Publi
natal
covid pato
Banner Yamaha
Cotidiano

Levantamento aponta números preocupantes em relação a dengue em Marechal Rondon, Secretária de Saúde Marciane fala sobre os casos

A Secretaria de Saúde de Marechal Rondon, além de dar atenção a todos os setores a que lhe compete, está atuando de forma ativa em duas frentes que causam grande preocupação perante a saúde pública.

Uma delas é a pandemia do novo coronavírus. Equipes trabalham incansavelmente para evitar que os números se agravem e também para que os infectados sejam assistidos da melhor forma possível.

Outra linha de atuação é quanto a dengue.

No ano passado, em 20 de fevereiro, o município decretou epidemia pois já registrava mais de 160 casos.

No ano epidemiológico 2019/2020, de agosto de 2019 até julho de 2020, foram confirmados 1.981 casos de dengue, inclusive, seis óbitos.

No ano epidemiológico vigente, que iniciou em agosto de 2020 e segue até julho de 2021, foi registrado um caso de dengue no município, porém, a preocupação para que os casos não aumentem é bastante grande.

A Secretaria de Saúde discute estratégias para evitar uma nova pandemia.

Na semana passada, agentes de endemias atuaram no Levantamento de Índice Rápido para o Aedes aegypti.

Neste período foram visitados 1.761 domicílios, dos 25.966 existentes na sede do município.

Os dados foram tabulados e apresentados pela Supervisora dos Agentes de Endemias, Rosemeri Rodrigues da Rosa, para a Secretária de Saúde Marciane Specht.

A média do LIRAa foi de 3,9%, na sede do município.

O índice considerado aceitável pelo Ministério da Saúde é de 1%.

No mês de outubro, este mesmo índice era de 0,3%.

Os dados, mais uma vez, preocupam as autoridades municipais.

Outra ação será o início dos arrastões.

No sábado que vem, estão programadas atividades na região com maior incidência de focos, que é a região do Bairro Ana Paula.

Na oportunidade equipes das Secretarias de Saúde, Agricultura e Política Ambiental e de Viação e Serviços Públicos estarão realizando um arrastão naquela região.

Os munícipes são orientados a depositar materiais inservíveis e reciclados em frente às residências, para que as equipes façam a recolha, conforme explica a Secretária Marciane.

A Secretária Marciane falou ao vivo nesta terça-feira (12), com a Equipe do Site Marechal News.

Veja a entrevista e informação.

Por Marechal News

TOPO