Bike Refran
Prefeitura de Mercedes
Ortocolchões
Sandras Publi
Família Acolhedora
Miss Pato Bragado
Campanha Dengue
Banner Yamaha
FarmaVidda
Cotidiano

Morador de Ampére é picado por cobra e está no Hospital Regional

Na quarta-feira (22), um morador de Ampére precisou ser hospitalizado com urgência em virtude do ataque de uma serpente. Vitalin José Coletto, 61 anos, está internado no Hospital Regional de Francisco Beltrão e o estado de saúde inspira cuidados. O acidente com o animal foi na manhã de terça-feira (21) e a cobra picou a vítima na parte de cima da mão esquerda.

De acordo com informações, o homem foi contratado para fazer o serviço de jardinagem em uma residência no bairro Nossa Senhora das Graças, na região que vai para o bairro Uassari.

Segundo Jair Coletto, filho da vítima, seu pai estava fazendo a limpeza de um lote quando foi atacado. “Ele trabalha há vários anos com esse tipo de serviço e acabou sendo picado. Pelo que a gente sabe ele estava arrancando mato quando sentiu algo lhe machucar a mão. Como tinha uma cerca de arame farpado ele achou que tinha enroscado o braço e por isso continuou trabalhando.”

Jair explica que algumas horas depois, já na parte da tarde desta terça, seu pai começou a sentir náuseas e ter febre. Ele preferiu ficar em casa, pois sofre com problemas de ácido úrico. Porém a noite o quadro se agravou tendo episódios de vômitos e o local onde foi picado estava inchado. O idoso foi levado para o Hospital Santa Rita e a equipe de plantão percebeu que se tratava de uma picada de cobra. Em poucos minutos seu Vitalin foi transferido de ambulância para Francisco Beltrão. Ele recebeu soro antiofídico e segue hospitalizado.

O caso está sendo monitorado pela equipe médica do HRS e também pelo Centro de Informações Toxicológicas de Londrina, norte do Paraná, instituição que repassa orientações de casos de intoxicação ou exposição a agentes tóxicos, nesse caso o veneno da cobra.

Com informação de  Julio Cesar Alves/Rádio Ampére

TOPO