Setembro
Núcleo 09
Agosto Azul
Nucleo
Banner Yamaha
FarmaVidda
Cotidiano

Professora municipal e vereadora de Iguatu descumpria jornada em escola para ir a sessões

Em Iguatu, no Oeste do estado, uma vereadora que também é servidora municipal e bateu ponto no trabalho para depois participar de sessão na Câmara firmou nesta semana termo de ajustamento de conduta com o Ministério Público do Paraná se comprometendo a não incorrer mais nesse tipo de comportamento. Ela também concordou em pagar uma multa pelo ocorrido, sob pena de responder judicialmente por ato de improbidade administrativa.

Conforme apurado pela Promotoria de Justiça de Corbélia, responsável pela Comarca, a vereadora, que é professora municipal, em três ocasiões efetuou registro de frequência no sistema de ponto biométrico da escola em que leciona e depois seguiu para o Legislativo, sem cumprir a jornada de trabalho no estabelecimento de ensino. No documento assinado nesta sexta-feira, 16 de agosto, a agente pública “se compromete a não mais praticar condutas que impliquem afronta aos princípios administrativos da probidade e da moralidade”.

O texto é do site do MP.

TOPO