Dengue Pato
Bike Refran
Prefeitura de Mercedes
Ortocolchões
Sandras Publi
Família Acolhedora
Dengue antes
Casa da cuca
IPTU
Banner Yamaha
FarmaVidda
Cotidiano

Rondonenses são orientados a descartarem o lixo de forma correta

O trabalho de limpeza pública é essencial para a saúde da população, ainda mais em tempos de pandemia do coronavírus. Descartar o lixo de forma correta é fundamental.

 

Os colaboradores das empresas de coleta que atuam em Marechal Rondon estão seguindo todas as medidas preventivas e de higiene para garantir o seu próprio bem-estar, o de suas famílias e das comunidades.

 

As orientações são para o descarte correto do lixo, serve principalmente, para as pessoas infectadas ou com suspeita de Covid-19, que estejam em isolamento domiciliar. Para esses pacientes, a recomendação é de que todos os materiais de higiene pessoal, como máscaras descartáveis e luvas (incluindo as embalagens), sejam separados e colocados em dois sacos de lixo resistentes e descartáveis, um dentro do outro, não os enchendo até a borda para que possam ser lacrados e/ou fechados de forma devida.

 

Além disso, é ideal identificar os tipos de descarte, para que o trabalhador do serviço de coleta de lixo não seja prejudicado com um possível contágio. Caso o paciente seja morador de um condomínio ou de um espaço coletivo, é necessário que essas medidas de segurança sejam informadas para o síndico ou o responsável pela limpeza e higiene.

 

Já para pessoas que não se enquadram como casos suspeitos da doença, a Secretaria de Agricultura e Política Ambiental recomenda que o descarte seja feito de forma prudente, mais uma vez pensando nos funcionários responsáveis pela coleta de lixo. Caso utilizem materiais como máscaras e luvas, devem descartá-los como lixo comum, mas devidamente acondicionados.

 

O engenheiro ambiental, Marcos Chaves, pede para que a população compreenda que nesse momento o trabalho das associações de catadores está sobrecarregado, tendo em vista que muitos catadores pertencem ao grupo de risco para o Covid-19 e estão em isolamento. Mesmo com possíveis atrasos, o serviço de coleta seletiva não será suspenso. “É muito importante que a população separe o material reciclável, acondicione de maneira adequada e coloque no dia correto ou mesmo leve até o Ecoponto Municipal, pois este garantirá a renda de muitas famílias em situação de vulnerabilidade no município, especialmente nesse momento difícil”, explica.

 

Sem suspeita de Covid-19 em casa:

– Continue separando o lixo reciclável do comum;

– Luvas e máscaras podem ser descartadas no lixo comum;

– Coloque os sacos para coleta de acordo com o dia e horário do recolhimento na sua rua.

 

Com suspeita da Covid-19 em casa:

– Não separe mais o lixo reciclável do comum;

– Use dois sacos para acondicionar o lixo e não esqueça de fechá-los corretamente;

– Os sacos devem ser fechados com lacre ou nó quando tiverem até 2/3 (dois terços) de sua capacidade. Não encher o saco até a borda, deixar espaço para fechar sem se contaminar;

– Coloque os sacos para coleta de acordo com o dia e horário do recolhimento na sua rua.

 

TOPO