Bike Refran
Ortocolchões
Sandras Publi
natal
covid pato
Banner Yamaha
Cotidiano

Temporal em Foz do Iguaçu: Prefeitura emite nota à Defesa Civil em Brasília

Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu emitiu uma nota de alerta à Defesa Civil de Brasília por conta das fortes chuvas que atingiram a cidade na tarde desta terça-feira (12).

Segundo a prefeitura, foi utilizado o sistema de monitoramento por câmeras do GGIM (Gabinete de Gestão Integrada Municipal) e viaturas da GM (Guarda Municipal) para monitorar locais com risco de alagamentos. Um FIDE (Formulário de Informação de Desastre) foi aberto no SISDC (Sistema Estadual de Defesa Civil) documento aguardando inserção de informações após levantamento de dados.A nota 

“Boa tarde!
Por volta das 13:00 o município foi atingido por uma Tempestade convectiva/local que gerou o desastre caracterizado como: Alagamentos, que conforme dados dos pluviômetros do Cemaden instalados em Foz do Iguaçu tivemos 61 mm na região norte, 48 mm na região do Morumbi, 38 mm na região sul, no Aeroporto internacional conforme dados do DTCEA/FI choveu 46 mm com rajadas de ventos de 40 km/h.

O grande volume de pluviosidade num curto espaço de tempo, caracterizado como chuvas intensas, afetou com alagamentos de ruas e residências, principalmente a região norte do município, nos bairros Itaipu A, KLP, Portes, Jupira, Centro, Maracanã, Canadá, Lancaster, Cidade Nova e Madre Tereza, onde além dos alagamentos, houve queda de muro na Rua Itararé, 10, queda de portão na Rua Perdigão, 841, vários veículos ficaram alagados e parados aguardando a água baixar na Av JK, Rua José de Alencar, Rua Assis Brasil, Av República do Líbano, onde uma viatura da PM precisou ser removida do alagamento.

Na Rua Princesa Isabel próximo ao Rio M’Boicy uma casa ficou alagada em torno de uma hora, deixando os moradores, 7 no total, em situação bastante difícil, foi oferecido abrigo público, porém preferiram permanecer no local, na Rua Palometa, 1000, houve queda de árvore sobre cabos elétricos e parte da cobertura da residência, além disso, houve duas quedas de árvores em via pública, uma na Rua Osasco, 399 e outra na Rua João Rodrigues Ferreira, 807”.

Com informações da catve
TOPO