Bike Refran
Ortocolchões
Sandras Publi
natal
covid pato
Banner Yamaha
Cotidiano

Turismo de Foz do Iguaçu busca alternativas para incrementar o setor em 2021

Buscar soluções e criar alternativas para a retomada do turismo na Terra das Cataratas neste ano são apenas dois, dos inúmeros desafios que o novo secretário de turismo de Foz do Iguaçu terá pela frente.

Paulo Angeli, que é empresário do setor de turismo há anos, sabe bem o caminho complicado que vai precisar percorrer.

Mas está confiante e cheio de ideias, a meta é conseguir aos poucos aumentar o movimento de visitantes em um dos locais mais procurados do Brasil por turistas nacionais e internacionais.

O ano já começou com muitas reuniões e projetos. O secretário esteve em Curitiba e conversou muito com o governador Ratinho Júnior e voltou animado com as novidades.

Uma central do Hub Wakalua no Brasil significa um passo importante para o setor.

Angeli explica que tudo começou em Madrid, na Espanha, no ano passado, sob a coordenação da organização mundial do turismo envolvendo startups, investidores, corporações, governos, instituições não governamentais e de ensino ligados ao setor de turismo.

O hub promove as atividades por meio de parcerias entre organismos públicos e privados de diversos países.

O secretário também falou da possibilidade que o Governo do Estado estuda de baixar o ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) do combustível para aeronaves e com isso estimular a chegada de mais voos a Foz do Iguaçu.

Com informação e foto: Catve

TOPO