Bike Refran
Ortocolchões
Sandras Publi
Casa da cuca
JR color
Banner Yamaha
FarmaVidda
Esportes

Após ativação de cláusula, Grêmio devolve Caio Henrique ao Atlético de Madrid

Durou apenas cinco jogos a passagem de Caio Henrique pelo Grêmio. Na sexta-feira (29), o clube gaúcho comunicou que o Atlético de Madrid exerceu uma cláusula do acordo de empréstimo pelo atleta e solicitou o seu retorno ao futebol espanhol, o que encerra precocemente a sua estadia em Porto Alegre.

No comunicado em que o Grêmio anunciou a saída de Caio Henrique, o lateral-esquerdo disse que espera voltar um dia ao time, que o havia contratado por empréstimo até o final de 2020. Além disso, fez um agradecimento especial ao torcedor do clube.

“Quero agradecer ao Grêmio pela oportunidade de vestir essa camisa, especialmente ao presidente Romildo, ao nosso técnico Renato e ao Klauss por todo empenho para a minha contratação. Em especial também a torcida do Grêmio que me marcou muito, especialmente na minha estreia que vencemos o Gre-Nal. Espero um dia poder retornar ao Grêmio que seguirá, para sempre, no meu coração”, disse.

Após se destacar pelo Fluminense em 2019, Caio Henrique disputou o Pré-Olímpico pela seleção brasileira, tendo ajudado a equipe a se garantir nos Jogos de Tóquio. Depois, o atleta, de 22 anos, cedido pelo Atlético de Madrid, disputou cinco partidas pelo Grêmio, sendo três como titular. Na última delas, no clássico contra o Internacional pela Copa Libertadores, o lateral foi um dos oito jogadores expulsos pela arbitragem após confusão generalizada.

O retorno de Caio Henrique ao Atlético de Madrid se dá no momento em que se definiu pela retomada do Campeonato Espanhol em junho. Na equipe dirigida por Diego Simeone, o também brasileiro Renan Lodi é o titular da lateral esquerda.

Com informação da Agência Estado

TOPO