Bike Refran
Ortocolchões
Sandras Publi
Família Acolhedora
Dengue antes
Casa da cuca
Banner Yamaha
FarmaVidda
Esportes

Campeonatos Paranaense, Pernambucano e Baiano têm semifinais definidas

Campeonatos estaduais do Nordeste e do Sul entram na reta final a partir da próxima quarta-feira (29). Mas já neste domingo (29), já teve fase decisiva no Campeonato Paranaense. O Athletico-PR abriu larga vantagem no primeiro jogo do mata-mata da semifinal. Jogando na Arena da Baixada, em Curitiba, Furacão goleou o Cascavel por 5 a 1. Já o Coritiba venceu o Cianorte fora de casa, no Albino Turbay, de 3 a 2, em Cianorte.

Os jogos de volta serão na próxima quarta-feira (29). O Coxa vai receber o Cianorte no Couto Pereira. Já o Cascavel vai tentar superar o Athletico, no Olímpico Regional, em Cascavel. A Federação Paranaense de Futebol informou que os horários dos jogos serão divulgados ainda nesta segunda (27).

De acordo com o regulamento do Paranaense, a soma dos resultados das duas partidas da semifinal – o placar agregado – definirá os finalistas. Em caso de igualdade, avança quem aproveitar melhor a cobrança de pênaltis.

Da goleada do Athletico-PR sobre o Cascavel saiu mais um artilheiro do Parananese. O atacante Bissoli fez dois gols e passou a dividir a artilharia com Pedrinho, companheiro do Furacão, e Lucas Tocantins, do Cascavel. Cada um marcou 6 gols no Estadual.

Pernambucano

As semifinais do Estadual de Pernambuco serão na próxima quarta (29). As últimas duas vagas foram definidas ontem (26). O Afogados avançou ao vencer o Retrô, por 1 a 0, na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata. Mais tarde, no mesmo estádio, o Náutico se classificou ao derrotar o Central, por 2 a 1.

O clássico Santa Cruz e Náutico abre as semifinais, na quarta (29), na Arena Pernambuco, às 21h30 (horário de Brasília). No mesmo horário, Salgueiro e Afogados, se enfrentam no estádio Cornélio de Barros, no município de Salgueiro, interior do estado.

O regulamento da competição garante aos dois primeiros colocados da primeira fase – Santa Cruz e Salgueiro – avançar às semifinais. Os adversários da dupla saem dos duelos entre o que aparece na terceira posição da tabela (Retrô) contra o sexto (Afogados), e do quarto (Náutico) contra o quinto (Central).

O Cobra Coral conta com o artilheiro da competição, o atacante Pipico, com 6 gols marcados. Seguido de Diego Ceará, com 5. Willian Lira, do Retrô, também soma 5 gols, mas como o time foi eliminado, o atleta não briga mais pela artilharia.

Quatro times do Pernambucano vivem uma outra realidade, a luta contra o rebaixamento. Um quadrangular começa hoje (27) e ao final, os dois últimos clubes na tabela descerão. Todas as equipes vão se enfrentar, em turno único. Logo mais, às 16h, Petrolina e Decisão se encaram no Estádio Paulo Coelho, em Petrolina. Na próxima quarta (29), o Sport vai receber o Vitória-PE, no Recife, às 16h. O Leão nunca amargou a queda no Campeonato Estadual em toda a história da competição.

Baiano

As semifinais do Estadual da Bahia serão realizadas na próxima quarta (29) e quinta-feira (30). Atlético-BA e Juazeiro fazem o primeiro jogo, às 21h30, no Adauto Moraes, em Juazeiro. Na quinta (30) o Bahia visitar o Jacuipense, no Eliel Martins, no município de Riachão do Jacuípe, região metropolitana de Feira de Santana.

A nona e última rodada da fase de grupos disputada neste domingo (26) no Baianão alterou pouco o posicionamento dos quatro classificados. Houve mudança apenas entre os próprios times do G4. Com a derrota do Jacuipense para o Atlético-BA por 1 a 0, no Barradão, em Salvador, a equipe do Riachão do Jacuípe caiu da segunda para a quarta posição. Já seu adversário assumiu a vice-liderança do Estadual.. Outro que subiu uma posição foi o Juazeirense, que terminou na terceira colocação, após vencer o Bahia de Feira por 3 a 1, na Arena Cajueiro, em Feira de Santana.

Um fato curioso do Baianão é que, entre os jogadores que mais marcaram gols na competição, todos fazem parte dos times que já foram eliminados. O experiente Marcelo Nicácio, do Fluminense de Feira, é o artilheiro solitário com 8 gols. Deon, do Bahia de Feira, e Maurício, do Doce Mel, têm 5 cada. O
Juazeirense foi a equipe que mais balançou as redes na competição, 17 vezes no total. Mesmo assim, o atleta que mais marcou foi Nino Guerreiro, que fez 4.

Além dos semifinalistas, também já conhecemos o rebaixado do Estadual baiano em 2020. Apenas o time de pior campanha sofre o descenso. Sendo assim, o Jacobina, que em nove jogos somou apenas um ponto, encerrou na lanterna, e, consequentemente, caiu para segunda divisão do estadual

Foto: Athletico Paranaense

Com informação da Catve

TOPO