Setembro
Núcleo 09
Agosto Azul
Nucleo
Banner Yamaha
FarmaVidda
Esportes

Maurício Lima fala sobre foco, liderança e motivação em palestra na Acimacar

Como parte da programação do 2º Agita Rondon e dos Jogos de Aventura e Natureza, o Campeão Olímpico Maurício Lima, ex-levantador da Seleção Brasileira de Vôlei, proferiu palestra no auditório da Associação Comercial e Empresarial de Marechal Cândido Rondon (Acimacar), no último sábado (07).

Além do vice-presidente de Turismo da Acimacar, Giovanni Nardello Rotta, esteve presente o Secretário de Esportes e Lazer, Cristiano Metzner (Suko), o gerente do Banco do Brasil, Celso Domingues, o coordenador do curso de Educação Física – Licenciatura da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), Arestides Pereira da Silva Júnior, o membro da Comissão Técnica do projeto social “Feras do Vôlei”, Luis Kubiski e o conselheiro do Conselho Regional de Educação Física – 9ª Região (Cref9/PR), Gustavo Chaves Brandão.

A palestra foi prestigiada pelas autoridades, jogadores da modalidade no município, profissionais ligados ao vôlei e a outros esportes, bem como fãs do ídolo brasileiro.

Conceitos que valem ouro

Com o título “Conceitos que valem ouro – a busca pela excelência”, o profissional falou sobre planejamento, disciplina, diferença entre sonho e desejo, perseverança e comprometimento, foco, como lidar com frustração, pressão e derrota, trabalho em equipe, liderança e motivação. “Esses conceitos não são aplicáveis apenas para quem pratica um esporte de auto nível ou mesmo de rendimento. Tudo isso deve ser levado para a vida, profissional, pessoal, para quem busca realização e conquista de sonhos”, aponta.

Ao salientar que o esporte pode mudar completamente a vida de uma pessoa, Maurício afirma que o voleibol foi a pedra fundamental para ele enquanto ser humano, sendo responsável por torna-lo tudo o que é hoje tanto no aspecto profissional como pessoal. “Se sou quem eu sou hoje é por conta do vôlei. Detectaram que eu tinha talento necessário para o auto nível e com dedicação e amor eu cheguei onde cheguei. O esporte transformou completamente a minha vida”, diz.

É por sua carreira e experiência que Maurício incentiva a prática esportiva de qualquer modalidade, principalmente nas atividades de base desenvolvidas com jovens. “O esporte é a melhor ferramenta de inclusão social que temos hoje, cabe alto, magro, baixo, gordo, pessoas com qualquer deficiência, onde você aprende a ganhar, perder, ter determinação, lidar com a derrota, o sofrimento, ter perspectiva e superar obstáculos. Com isso tudo conseguimos entender como o esporte cria valores importantes para formação do caráter do cidadão”, observa.

 

Quem é Maurício Lima

Ouro nas Olimpíadas de Barcelona e Atenas, Desde muito cedo Maurício quis ser esportista e com cerca de dez anos, jogava futebol, basquete e chegou a ser federado pela natação, mas o amor pelo vôlei veio em 1982, ao ver o Brasil conquistar o vice-campeonato mundial na Argentina.

Com o apoio da família, buscou o Clube Fonte São Paulo, onde iniciou uma carreira de sucesso. Em 1987 já estava jogando na Seleção Brasileira e dois anos depois, tornou-se titular absoluto, posto que manteve por 14 anos, ausentando-se apenas em 1999, num Campeonato Mundial.

Obstinado, determinado e líder por natureza, Maurício sempre se destacou no grupo, não só por seus levantamentos perfeitos, mas também pela vontade de se manter no topo. Dentre os resultados mais marcantes, está a Olimpíada de Barcelona, em 1992, quando o time saiu do Brasil desacreditado e voltou com o primeiro ouro olímpico em esportes coletivos. Ali começava também o reconhecimento da “Seleção de Ouro do Brasil”.

Além dos dois ouros Olímpicos, o profissional leva consigo os títulos de Campeão da World Super Four (1992); duas vezes Campeão da Copa América; quatro vezes Campeão da Liga Mundial; sete vezes Campeão Sul-americano; prata nos Jogos Pan-americanos de Havana (1991); Campeão Mundial na Argentina (2002); Campeão da Copa do Mundo no Japão (2003); três vezes Melhor Levantador do Mundo; melhor Jogador do Mundo (1995); All-star Games (1993); três vezes Melhor Levantador Sul-americano; dez vezes Melhor Levantador da Superliga; Melhor Jogador Superliga (2000) e entrou para o Hall da Fama do Vôlei em 2012.

Programação e realização

O 2º Agita Rondon e os Jogos de Aventura e Natureza são uma realização do Governo do Estado e da Prefeitura, por meio da Fundação Promotora de Eventos de Marechal Cândido Rondon (Proem), com o apoio da Acimacar, Banco do Brasil, Serviço Social do Comércio (Sesc), Cref9/PR, Unioeste, Igreja Adventista e patrocínio do Sicredi Aliança PR/SP e Jaclani Esportes.

A programação segue até o dia 15 de setembro com as seguintes atividades:

De 09 a 13 de setembro

Local: Lago Municipal

– Clínica esportiva de stand up paddle, slackline, beach tennis

Projeto Praticar – Unioeste

*Atividades das 13h30 às 17h30

Dia 14 de setembro (sábado)

Local: Parque de Lazer Annita Wanderer

– Clínicas esportivas de stand up paddle

– Wakeboard cable

– Torneio Beach Soccer

– Atividades recreativas

*Atividades serão realizadas durante todo o dia

Dia 15 de setembro (domingo)

Local: Pista de Bicicross no Loteamento Augusto

10h – Inauguração da Pista de Bicicross

10h30 –Torneio de BMX

Local: Parque de Lazer Anita Wanderer

– Clínicas esportivas de stand up paddle e slackline

– Wakeboard cable

– Torneio beach soccer

– Aquathlon

– Circuito MTB

– Atividades recreativas

*Atividades serão realizadas durante todo o dia

 

Sobre a Acimacar

A Associação Comercial e Empresarial de Marechal Cândido Rondon (Acimacar), com 51 anos de história, é referência pelo número de associados: 1.882. Presidida pelo arquiteto e urbanista Ricardo Leites de Oliveira, também é reconhecida pela sua liderança nas causas regionais e estaduais, além da participação em praticamente todas as demandas da comunidade.

TOPO