Dengue Pato
Bike Refran
Prefeitura de Mercedes
Ortocolchões
Sandras Publi
Família Acolhedora
Dengue antes
Casa da cuca
IPTU
Banner Yamaha
FarmaVidda
Esportes

Palmeiras avalia realizar nova redução salarial no elenco profissional

O Palmeiras pretende negociar uma extensão da redução salarial do elenco profissional por causa do impacto financeiro da pandemia do novo coronavírus. Após os atletas receberem nos meses de maio e junho um valor 25% menor, a diretoria pretende aplicar a diminuição também em julho, possivelmente com uma parcela até maior de desconto. Para isso, o clube já começou a se reunir com alguns jogadores para formalizar a proposta.

Assim como no primeiro acordo de redução salarial, o Palmeiras quer conduzir essa nova rodada de negociação da mesma forma. O clube conta com um estudo técnico para avaliar a viabilidade e até a necessidade do desconto. Depois disso, a proposta é apresentada a alguns jogadores tidos como líderes do elenco, como o capitão Felipe Melo, que têm o papel de repassar o recado para consulta e votação dos demais atletas.

O acordo salarial anterior previa também a postergação do pagamento dos direitos de imagem. Os valores relativos a abril serão divididos entre os meses de agosto e dezembro de 2020, enquanto os de maio serão distribuídos entre janeiro e junho do ano que vem. Agora para essa nova rodada, o Palmeiras quer incluir também na discussão um novo calendário de acertos sobre esse pagamento.

Em entrevista ao Estadão no começo deste mês, o técnico Vanderlei Luxemburgo afirmou que o elenco do Palmeiras se colocou à disposição para reduzir os salários com a intenção de preservar o emprego de outros funcionários. O treinador, assim como alguns membros do departamento de futebol, também tiveram os vencimentos reduzidos. “Quando você fala que vai ajudar os funcionários, acabou. Os caras vão lá e colaboram”, comentou.

Assim como outros times paulistas, o Palmeiras só deve ter calendário de jogos a partir de agosto, com o retorno do Brasileirão e do Campeonato Paulista. As duas competições serão disputadas com os portões fechados, para evitar a propagação do coronavírus.

Com informação da Agência Estado

TOPO