Geral Pato Bragado

Prefeito de Pato Bragado assina contratos que fortalecem associação de catadores

Além de garantir a continuidade da permissão de uso das instalações e equipamentos, também serão destinados valores em função da quantidade de resíduos sólidos processados e comercializados

27/07/2021 08h31 Atualizada há 2 meses
Por: Marcio Cerny Fonte: Assessoria
Prefeito de Pato Bragado assina contratos que fortalecem associação de catadores

Na última sexta-feira (23) a administração de Pato Bragado deu dois importantes passos pela sustentabilidade ambiental e geração de renda para a Associação Bragadense de Catadores (ABC) e suas famílias. 

Assistido pela secretária de Agricultura, Pecuária e Meio Ambiente, Jaqueline Vanelli, procurador Jurídico, Márcio Neukamp, técnicas e diretoria da ABC, entre outros servidores públicos, o prefeito Leomar Rohden, o Mano e a presidente da ABC, Janete Lúcia Kist promoveram a assinatura do contrato que garante a continuidade da permissão de uso das instalações de 458,41 m² da Unidade de Valorização de Reciclados (UVR), inaugurada em junho de 2020 pela administração municipal e Itaipu Binacional.   

Pelo contrato que terá vigência até o dia 31 de dezembro de 2024, por iniciativa da Secretaria de Agricultura e Secretaria de Obras, Viação e urbanismo, a ABC também poderá fazer uso de diversos equipamentos, entre eles, uma esteira de elevação de resíduos, esteira de separação de resíduos, carro de movimentação de big bags, carro de movimentação de fardo, paleteira com display balança, todos adquiridos nesse ano, entre vários outros, além de móveis e eletrônicos e eletroeletrônicos que já estavam sendo utilizados e que foram repassados pelo município com apoio da Itaipu. 

Na sequência, o prefeito Mano assinou o contrato de até R$ 158 mil que será diluído em 12 parcelas mensais, como pagamento à associação por prestar serviços de processamento e comercialização de resíduos sólidos, gerados no município. 

Nesse valor estão estimados o potencial de beneficiamento que podem chegar a 26 toneladas até o final do próximo ano, sendo atualmente, triados em torno de 19 toneladas de resíduos/mês. Portanto, serão destinados valores mensais que estarão baseados na quantidade processada e comercializada pela ABC.

MARCO 

Na oportunidade Jaqueline disse que a associação tem prestado um excelente serviço à população, e este contrato passa a ser um marco tanto para a administração quanto para os associados. “Buscamos cada vez mais a sustentabilidade ambiental do município e precisamos evoluir muito mais, principalmente no que se refere a quantidade de resíduos sólidos recicláveis entregues na Associação”, discorreu. 

O prefeito também reforçou a necessidade de ações pelo crescimento sustentável e acrescentou que a preocupação é proporcionar condições para que possam melhorar sempre mais o local de trabalho dos catadores, oferecendo toda estrutura necessária para que otimizem as atividades de forma eficiente, a fim de que se fortaleçam, enquanto associação e obtenham resultados financeiros cada vez melhores. 

Da mesma forma o gestor pediu para que os sócios continuem zelando por todos os bens repassados pelo município. “É um patrimônio de todos nós que está sob responsabilidade dos catadores e pensando no bem-estar dessas famílias e do município, tenho certeza que estão comprometidos em manter tudo em dia”, frisou.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.