18 de Maio: data chama a atenção para a violência sexual contra crianças e adolescentes

Neste 18 de maio, celebra-se o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, que traz em sua importância a memória de todas as vítimas da violência sexual, que perdura enraizada na sociedade até os dias de hoje.

A data é em alusão a um episódio ocorrido em 18 de maio de 1973, quando a garota Araceli, de apenas oito anos de idade, foi sequestrada, drogada, espancada, estuprada e morta por membros de uma tradicional família capixaba. Tempos depois, seu corpo foi encontrado desfigurado por ácido em uma rua movimentada de Vitória (ES), e poucos tiveram a capacidade de denunciar o que estavam vendo. O silêncio e a falta de aplicação da lei marcaram o caso.

Segundo a coordenadora do Comitê Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes, campanhas de conscientização e prevenção são de extrema importância.

Faça Bonito

Desde o início deste mês, a Secretaria de Assistência Social do município de Marechal Rondon vem realizando a campanha “Faça Bonito – Proteja Nossas Crianças e Adolescentes”, em alusão ao 18 de Maio. Peças publicitárias, matérias jornalísticas e postagens contendo textos de conscientização em redes sociais e veículos de comunicação têm sido realizadas sob a coordenação da secretária de Assistência Social, a primeira-dama Josiane Laborde Rauber.

Outra atividade importante, dentro da campanha, será a realização de uma live na noite desta quinta-feira (20), através da página do Facebook da prefeitura rondonense, a partir das 19h. Além de apresentações de música popular, com artistas locais, a transmissão terá a participação de importantes convidados para falar sobre violência sexual contra crianças e adolescentes.

Estão confirmadas as participações de Renato Cigerza, Juiz da Infância e Juventude; Fernanda Luana Schmitt, presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente e coordenadora do CRAS; Jaqueline Peretto, assessora da Promotoria da Infância e da Juventude; Ângela Wasem, coordenadora do CREAS; e Katiucia Peres, psicóloga, professora e coordenadora do curso de Psicologia- Isepe Rondon.

De acordo com a secretária Josiane Rauber, ações nesse sentido são desencadeadas pela pasta durante o ano todo, na proteção das crianças e dos adolescentes. “Cabe a toda a sociedade se manter alerta, vigilante, para que essa proteção não aconteça apenas no mês de maio”, acrescentou.

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!