Cidades Paraná

Saúde de idosos em acolhimento

Vereadores solicitam projeto de lei que assegure direitos de saúde nas instituições de longa permanência de idosos

07/04/2022 15h25
Por: Marcio Cerny Fonte: Câmara Municipal de Castro - PR
Foto: Reprodução/Câmara Municipal de Castro - PR
Foto: Reprodução/Câmara Municipal de Castro - PR

Na sessão ordinária desta quarta-feira, 06 de abril, o vereador Guto Beck (PP), apoiado pelo presidente Neto Fadel (Patriota) e demais vereadores, protocolou requerimento em que solicita ao executivo a criação de projeto de lei que assegure os direitos previstos na legislação na política de saúde das Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI’s) de Castro.

No documento, Beck destaca que devido a pandemia as ILPI’s do município realizaram as adequações primordiais para resguardar a saúde dos idosos em acolhimento, mas enfrentaram muitas dificuldades no cumprimento e execução dos serviços. “Considerando as inúmeras dificuldades enfrentadas nas ILPI’s, por falta de recursos financeiros em saúde, se faz indispensável que o Poder Público, através de termos de parceria em saúde, fortaleça e garanta direitos às instituições de atendimento à pessoa idosa”, menciona na proposição.

Durante o pequeno expediente o parlamentar agradeceu o apoio dos demais colegas por assinarem o requerimento. “É algo muito importante para as instituições de longa permanência e vem de encontro ainda mais da qualidade de vida dos nossos idosos aqui de Castro. Vocês demonstraram com a assinatura nesse requerimento que também tem carinho especial pelos idosos, o meu muito obrigado”, enfatizou.

Dentre as normas observadas pelos parlamentares está a Resolução nº 502 do Ministério da Saúde e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, de 27 de maio de 2021, que cita a necessidade das secretarias de saúde dos municípios implementarem procedimentos e adotarem normas complementares com a finalidade de garantir a segurança dos idosos que residem nas ILPI’s.

Cruz Vermelha-A diretora da Cruz Vermelha em Castro, Eliana Reynaldo, esteve na sessão e apresentou aos parlamentares o histórico da instituição e as atividades realizadas. Eliana relembrou que a Cruz Vermelha assumiu o hospital Anna Fiorillo Menarim em 2017. “A meta estipulada para o hospital era abrir a UTI em outubro de 2019, e abrimos em outubro de 2018, um ano antes”, destacou.

O número de atendimentos realizados pela Cruz Vermelha de outubro de 2017 até março de 2022 foi de 5164 partos, 3476 cirurgias, 8578 diárias de UTI e 311.917 exames. “Através dos números que vocês trazem, vemos que beneficiou toda a população castrense. Castro só ganhou com a vinda de vocês para cá”, agradeceu o vereador Joel Fadel (Patriota).

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.