Trânsito Marechal

Exclusivo - Dr Antônio fala sobre soltura de caminhoneiro envolvido em acidente com sete mortes na rodovia entre Marechal Rondon a Pato Bragado

Advogado de defesa do caminhoneiro Doutor Antônio Marcos de Aguiar falou ao vivo com a Equipe do Site Marechal News no início desta tarde de sábado acompanhe a entrevista abaixo.

07/05/2022 12h09 Atualizada há 2 semanas
Por: Marcio Cerny Fonte: Marechal News
Fotos: Marcio Cerny / Marechal News
Fotos: Marcio Cerny / Marechal News

A Justiça reduziu o valor de fiança a caminhoneiro envolvido em acidente com sete vítimas fatais na rodovia PRC-467, entre  Marechal Cândido Rondon  a Pato Bragado, no dia 2 de maio.

Conforme informações do advogado de defesa Dr Antônio de Aguiar, devido a condição financeira do motorista houve pedido de redução no valor da fiança.

Inicialmente o valor estipulado era de 36 mil e 600.

O MP se mostrou favorável a redução do valor e a nova fiança é de R$ 12.120 reais e foi oficializada pelo juiz Clairton Mário Spinassi.

Valor foi pago mediante compromisso do caminhoneiro em comparecer a todos os atos processuais para os quais for intimado e não mudar de residência sem prévia comunicação ao Juízo.

O Advogado informou que o valor foi efetuado ontem e o camioneiro preso a cinco dias deverá ser liberado neste sábado (07).

O acidente no dia 2 de maio envolveu o Micro-Ônibus da Secretária de Saúde de Pato Bragado , que seguia na rodovia PRC-467 sentido a Marechal Rondon, quando na curva do rodeio foi fechado pelo caminhão carregado de milho, desgovernado o micro-Onibus desceu uma ribanceira e colidiu violentamente contra árvores deixando sete mortos e 13 feridos.

O velório dos sete mortos ocorreu em Pato Bragado.

ATUALIZADO AS 12h05 deste Sábado (07).

O dr Renato Cigerza , Magistrado da(o) Unidade Regionalizada de Plantão Judiciário de Toledo - Toledo. DETERMINA ao Sr. Delegado de Polícia ou Diretor do Estabelecimento Penal, que coloque em liberdade, se por 'al' (outro motivo) não estiver preso, a pessoa abaixo indicada e qualificada.

O camioneiro Cleber, morador de CAARAPO, no Estado do MS,  irá responder mais em liberdade após pagar a fiança, o seu alvará de soltura saiu no final desta manhã de Sábado (07), informação repassada ao Site Marechal News, pelo seu advogado Dr Antônio Marcos de Aguiar.

ART 302: Homicídio culposo na direção de veículo automotor ART 303: Lesão corporal culposa na direção de veículo automotor ART 305: Afastar-se o condutor do veículo do local do acidente.

O termo do camioneiro é de  comparecer a todos os atos processuais para os quais for intimado e - não mudar de endereço sem prévia comunicação ao Juízo.

Ficou ciente e advertido de que o não cumprimento das condições implicará na revogação do benefício, conforme determina o art. 310 do CPP.

O réu disse que aceitava as condições e prometeu cumpri-las.

Advogado de defesa do caminhoneiro Doutor Antônio Marcos de Aguiar falou ao vivo com a Equipe do Site Marechal News no início desta tarde de sábado acompanhe a entrevista abaixo.

Matéria completa você acompanha no Site Marechal News.

Veja Fotos e Live Abaixo.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.