Geral Paraná

Procon alerta consumidores para o golpe do cartão trocado

Consumidores devem ficar atentos ao utilizarem cartões de crédito e débito

14/05/2022 01h11 Atualizada há 5 dias
Por: Marcio Cerny Fonte: AEN-PR
Foto: Geraldo Bubniak/AEN
Foto: Geraldo Bubniak/AEN

O Procon-PR, vinculado à Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho, orienta os consumidores para que fiquem atentos quando utilizam cartões de crédito ou débito para não caírem no chamado golpe do cartão trocado.

A coordenadora do Procon-Pr, Claudia Silvano, contou sobre o episódio onde um consumidor foi até um show e ao realizar o pagamento de um produto colocou o cartão na maquineta, mas a senha não foi aprovada.

Após isso, veio um outro golpista que substituiu a maquineta e nesse momento trocou também o cartão.

Como o consumidor estava com dinheiro na carteira, ele realizou o pagamento.

O cartão do cliente ficou com os criminosos que furtaram o dinheiro da conta e realizaram compras na internet.

Por isso, Claudia Silvano alerta para os consumidores conferirem os tickets e também os números dos cartões. 

 "A utilização de cartões de crédito ou débito para o pagamento de compras, contas e serviços, entre outros, é um caminho sem volta e faz parte da vida cotidiana dos consumidores.

Assim como traz facilidades, exige que se tenha alguns cuidados.

A prevenção é a melhor conduta nesses casos", destaca Rogério Carboni, secretário da Justiça, Família e Trabalho.

É importante que o consumidor não entregue seu cartão na hora do pagamento.

Ele deve inseri-lo na máquina e retirá-lo, sem dar brecha para a substituição.

É imprescindível também conferir no visor o valor a ser pago, exigir o comprovante emitido pela máquina de cartão e também a nota fiscal.

São a garantia para posteriores reclamações não apenas em casos de golpes, mas também em relação a produtos adquiridos.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.