Senado Federal Senado Federal

Kajuru: Bolsonaro usa AGU e confunde público com privado

Em pronunciamento nesta quarta-feira (18), o senador Jorge Kajuru (Podemos-GO) criticou o presidente Jair Bolsonaro, afirmando que o chefe do Execu...

18/05/2022 19h55
Por: Marcio Cerny Fonte: Agência Senado
Waldemir Barreto/Agência Senado
Waldemir Barreto/Agência Senado

Em pronunciamento nesta quarta-feira (18), o senador Jorge Kajuru (Podemos-GO) criticou o presidente Jair Bolsonaro, afirmando que o chefe do Executivo não respeita os limites entre o que é público e o que é privado. Kajuru citou como exemplo a decisão da Advocacia-Geral da União (AGU) de assumir a defesa de Walderice Santos da Conceição, também conhecida como Wal do Açaí, suspeita de ter sido funcionária fantasma de Bolsonaro quando este era deputado federal.

— Como se justifica a AGU defender o presidente numa ação que envolve fatos anteriores à sua investidura no cargo? Mais grave ainda do que a AGU se transformar numa espécie de AGJ, Advocacia-Geral do Jair, é essa instituição assumir a defesa de um personagem sem relação com o poder público! — protestou o senador.

Kajuru disse que o desrespeito aos limites entre público e privado é muito comum no Brasil e é uma das particularidades do chamado “patrimonialismo”. Ele ressaltou que, para estudiosos do assunto, esse costume talvez seja “seja o maior empecilho ao desenvolvimento político, social e econômico do país”.

— Esse é um ponto perceptível quando observamos certas ações do atual chefe do Executivo brasileiro, que não se preocupa em disfarçar o quanto coloca o aparelho do Estado a seu serviço pessoal, dos amigos e dos aliados políticos. Dane-se qualquer princípio republicano!   

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.