Alemanha empata, França e Inglaterra vencem e Haaland encerra jejum pela Noruega

A quarta-feira (02), com oito amistosos entre seleções europeias preparatórios para a disputa da Eurocopa, que começa na próxima semana, teve vitórias de França e Inglaterra, tropeço de Alemanha e Holanda e o fim do jejum de gols do artilheiro Haaland pela sua seleção, a Noruega.

 
Em Nice, a França viu Benzema perder um pênalti em seu retorno à equipe após quase seis anos. Mas o gol não fez falta, já que os franceses passaram com tranquilidade por País de Gales, por 3 a 0, e jogaram à altura de um favorito ao título da Eurocopa. 


 
O atacante do Real Madrid não marcou, mas jogou bem e ajudou no triunfo, construído com gols de três atacantes: o astro Mbappé, Griezmann e Dembélé, dupla do Barcelona. Os galeses tiveram Neco Williams expulso ainda no primeiro tempo. Gareth Bale teve atuação discreta.

Quem também venceu foi a Inglaterra, com dificuldade, no entanto. Os ingleses derrotaram a Áustria por 1 a 0, em Middlesbrough. Bukayo Saka, jovem atacante do Arsenal de 19 anos, garantiu a vitória em casa.

 
No fim, o lateral-direito Alexander-Arnold deixou o gramado mancando, causando preocupação para o técnico Gareth Southgate, que não pôde contar com Chilwell, James, Mount, Stones, Walker, Foden e Sterling, atletas que estiveram em campo no último sábado pela final da Liga dos Campeões.

Na Áustria, Alemanha e Dinamarca empataram por 1 a 1. A seleção comandada por Joachim Löw, que deixará o cargo após o fim da Eurocopa e será substituído por Hansi Flick, foi superior, criou mais oportunidade, mas parou na trave duas vezes, com Gnabry e Kimmich. Neuhaus e Poulsen marcaram os gols do confronto, ambos no segundo tempo.

Outra seleção a empatar foi a Holanda, que ficou no 2 a 2 com a Escócia. O atacante Depay brilhou ao balançar as redes duas vezes e salvou os holandeses do revés, já que os escoceses, com gols de Hendry e Nisbet, iam vencendo a partida até os 44 gols.

 
No estádio La Rosaleda, em Málaga, na Espanha, Haaland garantiu o triunfo da Noruega por 1 a 0 sobre Luxemburgo com um gol aos 47 minutos do segundo tempo e deu fim à seca de quarto partidas sem balançar as redes pela seleção de seu país, que não se classificou para a Eurocopa.

O astro do Borussia Dortmund, disputado pelos principais clubes da Europa em função de seu desempenho nas últimas temporadas, havia passando em banco na última partida pela Liga das Nações, contra a Irlanda do Norte, e nos três primeiros jogos das Eliminatórias Europeias da Copa do Mundo de 2022, diante de Gibraltar, Turquia e Montenegro.

com informação Agência Estado

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!