Antes de morrer, médica vítima da Covid-19 escreveu carta relatando perseguição

Uma carta escrita pela médica, Thedra Saucha que morreu nesta quarta-feira (14) em decorrência da Covid-19, em Salto do Lontra, foi divulgada.

O documento é uma carta pública de repúdio ao secretário de Saúde do município, Valdecir Baldessar.

Na carta Thedra diz que, estava sendo perseguida pelo secretário e fala sobre diversas situações, uma delas é a retirada dos plantões, onde trabalhava fixamente. Ela explica que o nome dela não era mais colocado nas escalas, mas ninguém avisou ou justificou o motivo.

De acordo com o documento, ela recebeu alta no dia 2, com prescrição de oxigênio em casa e repouso absoluto. Mas segundo ela, a secretaria de saúde não autorizou o empréstimo do cilindro.

"Recebi alta médica dia 2 do corrente, com prescrição de oxigênio em casa e repouso absoluto. Dia 4 solicitei ao pronto socorro que trouxessem oxigênio. Me foi dito que só após a meia noite pois não tinha quem levasse. Com medo e um torpedo pequeno apenas de oxigênio, solicitei à secretaria de saúde de Nova Prata, Sra. Vanda, que me emprestasse um cilindro. Na mesma hora me foi cedido. Logo percebi o que acontecia de fato no Salto do Lontra". Escreveu

Na carta, Thedra conta que, no dia 5 de março realizou uma tomografia e estava com 70% dos pulmões comprometidos e mesmo assim não liberaram o equipamento de oxigênio.

"A noite avisei ao Pronto Socorro sobre a troca do oxigênio pois não chegaria até as 2h da manhã. Fui orientada que o Sr. Valdecir, secretário de Saúde, NÃO autorizava e entrega de oxigênio à minha residência ( que fica há 5 minutos do PS), que eu teria que pegar com meus próprios meios".

A Catve teve acesso a vídeos que mostram a médica usando uma máscara de oxigênio enquanto a esposa coloca o cilindro dentro do carro. Ela ainda fala no vídeo que, estavam buscando o equipamento com o veículo particular, porque o secretário não havia liberado que levassem até a casa delas.

Nesta tarde (14), A Secretaria Municipal de Saúde do município de Lontra divulgou uma nota sobre a denúncia.

De acordo com o documento, todo atendimento prestado aos pacientes com a Covid-9, segue alguns protocolos. E segundo o secretario, Thedra foi atendida pela equipe de saúde desde a confirmação da doença.

"A Secretaria de Saúde esclarece que foi fornecido todo o suporte necessário para tratamento da paciente, com o devido registro dos atendimentos pela Saúde Municipal".

A morte da médica

A médica Thedra Saucha faleceu nesta quarta-feira (14) em decorrência da Covid-19.

Conforme informado à reportagem, ela estava hospitalizada no Hospital Regional.

Thedra tinha 35 anos e trabalhava em unidade de saúde do município de Salto do Lontra.

Velório deve ser realizado no Crematório Jardim das Oliveiras em Francisco Beltrão às 13h e a cremação às 18h.

com informaçaõ da Catve

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!