Foto: Catve

Anvisa avalia pedidos de importação da vacina Sputnik V

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) marcou para essa segunda-feira (26), às 18h, uma reunião extraordinária da diretoria colegiada para avaliar os pedidos de estados e municípios para importação da vacina Sputnik V, usada na imunização contra a covid-19.

 

 

 

 

O imunizante é produzido pelo Instituto Gamaleya, da Rússia.

 

 

 

A reunião de deliberação foi marcada dentro do prazo estipulado pela lei e de acordo com a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski, que determinou a análise da questão dentro do prazo de 30 dias.

 

 

 

 

Na terça-feira (27), a Anvisa deve analisar o pedido de uso emergencial da combinação dos medicamentos banlanivimabe e etesevimabe para o tratamento da covid-19.

 

 

 

 

Os remédios são produzidos pela farmacêutica Eli Lilly do Brasil.

 

 

 

 

O pedido foi protocolado no dia 30 de março.

 

 

 

 

 

Na quinta-feira (29), a diretoria colegiada também vai se reunir para a 8ᵃ reunião ordinária, na qual serão discutidas pautas relacionadas às áreas de regulação da agência.

Com informação da  Agência Brasil

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!