Após recusa de Renato Gaúcho, Corinthians negocia com Diego Aguirre

Depois da tentativa frustrada de contratar o técnico Renato Gaúcho, o Corinthians já escolheu como plano B um treinador estrangeiro. É o uruguaio Diego Aguirre, que está sem clube desde o ano passado, quando deixou o Al-Rayyan, do Catar. O clube fez o primeiro contato, que foi bem recebido pelo técnico de 55 anos. As conversas estão avançando e o treinador se mostrou interessado em voltar a trabalhar no futebol brasileiro.

Embora não seja um consenso no Parque São Jorge, Aguirre possui como trunfo a experiência no futebol brasileiro com as passagens pelo Internacional, Atlético-MG e São Paulo. Isso facilitaria sua adaptação à realidade do futebol nacional. Além disso, alguns conselheiros destacam a valorização da “raça” e do espírito de luta, algumas características do estilo uruguaio. 
 
Por outro lado, o treinador terá de se adaptar à limitação de investimentos que o clube permite fazer – a diretoria pretende contratar no máximo dois reforços – e à limitação salarial.

O presidente Duílio Monteiro Alves tem conversado com o diretor de futebol Roberto de Andrade e o gerente Alessandro Nunes definem um nome e iniciam as conversas. Só então avançam para outro nome da lista. Dorival Junior e Sylvinho permanecem entre os cotados internamente. Fábio Carille e Antônio Carlos Zago perderam força nesta sexta-feira.

O Corinthians planeja definir o treinador nos próximos dias, pois a estreia no Campeonato Brasileiro será no dia 30 de maio, diante do Atlético Goianiense, na Neo Química Arena.

 
O analista de desempenho Fernando Lázaro, dirigiu o Corinthians interinamente nesta quinta-feira, na goleada por 5 a 0 sobre o Sport Huancayo-PER, na Neo Química Arena. O Corinthians entrou em campo já sem chances de classificação para as oitavas de final da Copa Sul-Americana. Coordenador do Cifut (Centro de Inteligência do Futebol), Fernando Lázaro tem 39 anos e passou por sua primeira experiência como treinador.

com informação Agência Estado

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!