Árbitro pede desculpas por não validar gol de Cristiano Ronaldo nas Eliminatórias

O árbitro holandês Danny Makkelie ratificou o pedido de desculpas ao técnico Fernando Santos e à seleção portuguesa por não ter validado nos acréscimos o gol de Cristiano Ronaldo na partida contra a Sérvia, sábado, em Belgrado. O jogo terminou 2 a 2.

 
“Tudo o que posso dizer é que pedi desculpa ao treinador, Sr. Fernando Santos, e à equipe portuguesa pelo que aconteceu. Enquanto equipe de arbitragem, sempre trabalhamos muito para tomar as decisões certas e quando aparecemos desta forma na imprensa, não ficamos nada satisfeitos”, disse o treinador, em entrevista ao jornal português “A Bola”. 

 
Lançado na meia direita, dentro da área, Cristiano Ronaldo tocou de primeira na saída do goleiro Dmitrovic, aos 48 minutos da etapa final. A bola foi lenta, ultrapassou a linha de gol e foi tocada para fora da meta pelo zagueiro Dmitrovic.

Makkelie mandou o jogo seguir e Cristiano Ronaldo reclamou intensamente, inclusive do auxiliar, recebendo o cartão amarelo. Revoltado, o craque português retirou a faixa de capitão, atirou-a no chão e saiu de campo antes do apito final do árbitro.

 
O VAR não está disponível nesta fase das Eliminatórias Europeias. Com toda a confusão ocorrida na Sérvia, a Uefa pretende indicar que as seleções utilizem a tecnologia da linha do gol, que detecta quando a bola passa pela meta.

Agência Estado

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!