Athletico é goleado pelo Operário e segue sem vencer no Paranaense

Em seu primeiro jogo do ano em casa, o Athletico perdeu para o Operário por 4 a 0, neste sábado (17), em duelo em atraso pela segunda rodada do Campeonato Paranaense. Felipe Garcia, duas vezes, uma em falha de Bento, Ricardo Bueno e Leandrinho, de pênalti, anotaram os gols da vitória do Fantasma na Arena da Baixada.

O resultado deixa os comandados de Bruno Lazaroni na lanterna do Paranaense, sem nenhum ponto somado. Em três jogos, a equipe sofreu três derrotas (Cianorte, FC Cascavel e Operário). Já o Fantasma é o terceiro colocado, com dez pontos - três vitórias, um empate e uma derrota.

Próximo desafio
O próximo duelo do Rubro-Negro é diante do Aucas, terça-feira (20), pela fase de grupos da Copa Sul-Americana. O confronto acontece em Quito, no Equador, e marca a estreia do time principal atleticano, às 21h30. No estadual, a equipe entra em campo na quinta-feira (22), diante do Cascavel CR, em Curitiba.

O jogo
O Operário foi superior no primeiro tempo. Com uma postura agressiva, o Fantasma tratou de dificultar a saída de bola do Athletico, sem sofrer atrás. No ataque, o Alvinegro foi quem chegou com mais perigo. Primeiro com Ricardo Bueno, que exigiu uma boa defesa do goleiro Bento. Depois em chute de Vilela e de Jean Carlo, ambos de fora da área. Já na reta final Bueno cabeceou para mais uma defesa do arqueiro Rubro-Negro.

Mandante do jogo, o Furacão criou apenas uma chance clara de gol. Kawan recebeu passe pelo meio e arriscou uma bomba de longe. A bola passou perto da trave de Simão. Durante os 45 minutos inicias, a equipe trocou passes na defesa, mas, no meio de campo, não conseguiu desenvolver suas jogadas e pouco produziu no setor ofensivo.

O Athletico voltou com uma nova postura para o segundo tempo. Após cobrança de falta, Mingotti pegou o rebote livre, cara a cara com o goleiro. Porém, na hora de finalizar, ele mandou para fora. No lance seguinte, o atacante Yago arriscou chute colocado, de fora da área, e fez Simão dar um tapa para evitar o gol.

No entanto, foi o Operário que abriu o placar. Após chute de Jean Carlo, Bento não segurou e, no rebote, Felipe Garcia não perdoou. O Rubro-Negro sentiu e não conseguiu reagir. Aos 31 minutos, Leandrinho lançou bola pela direita, Alemão ajeitou de cabeça e Ricardo Bueno só empurrou para o gol. A pressão seguiu. Na reta final, Felipe Garcia recebeu na pequena área para marcar seu segundo gol. Aos 45 minutos, Leandrinho, de pênalti, finalizou a goleada do Fantasma.

ATHLETICO 0X4 OPERÁRIO

Data: sábado, 17 de abril de 2021
Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Horário: 16h
Árbitro: Adriano Milczvski (PR)
Assistentes: Roberto Rivelino dos Santos Júnior (PR) e Alessandro Antônio Gonçalves (PR)

Athletico: Bento; Khellven, Luan Patrick, Edu e Jáderson (Elias Carioca); Kawan, Matheus Anjos (Geovane) e Jajá (Vinicius Kauê); Yago (João Vitor), Mingotti e Reinaldo (Bissoli).
Técnico: Bruno Lazaroni.

Operário: Simão; Alex Silva (Fabiano), Fábio Alemão, Odivan e Djalma Silva; Leandro Vilela (Felipe Garcia), Jean Carlo (Leandrinho), Pedro Ken e Tomas Bastos (Rafael Chorão); Rafael Oller e Ricardo Bueno (Lucas Mendes).
Técnico: Matheus Costa.

Gols: Felipe Garcia (OPE), 12 minutos, aos 40 minutos, Ricardo Bueno (OPE), aos 21 minutos e Leandrinho aos 45 do segundo tempo.
Cartões amarelos: Kawan, Jajá (CAP). Alex Silva, Tomas Bastos, Leandrinho e Jean Carlo (OPE).

 

com informaçaõ da Catve e Banda B

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!