Atlético-MG volta a vencer o Remo e confirma vaga nas oitavas da Copa do Brasil

O Atlético-MG confirmou a vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil ao vencer novamente o Remo, desta vez no Mineirão. Na noite da quinta-feira (10), fez 2 a 1 no rival paraense com um gol do zagueiro Réver, de cabeça, e outro de Hulk, em cobrança de pênalti. Os visitantes descontaram com Romércio e, embora não tenham ameaçado a classificação atleticana, poderiam ao menos ter saído de Belo Horizonte com um empate. No entanto, Felipe Gedoz desperdiçou um pênalti no fim.

 
O Atlético-MG havia vencido o duelo da ida por 2 a 0 em Belém. Com isso, entrou tranquilo e fez um jogo seguro. Embora o Remo tenha tido chances, a equipe anfitriã, escalada com o que o técnico Cuca tinha de melhor à disposição – foram oito desfalques -, mandou na partida.



O time mineiro controlou o jogo à sua maneira e avançou com o placar agregado de 4 a 1, desembolsando R$ 2,7 milhões pela ida à fase seguinte. Agora, aguarda o sorteio da CBF para saber quem irá enfrentar nas oitavas da Copa do Brasil.

A classificação do Atlético em momento algum esteve ameaçada. O domínio atleticano foi visto nos dois tempos, mas foi maior na primeira etapa. Réver marcou de cabeça aos nove minutos após cobrança de escanteio da esquerda e deixou a missão do Atlético, que não era difícil, ainda mais fácil.

 
Sem Zaracho, mas com Keno, a equipe mineira usou Hyoran aberto na direita e deixou Nacho solto. O argentino, mais uma vez, fez uma excelente partida e ditou o ritmo no meio de campo. Na etapa inicial, o Atlético poderia ter feito 4 a 0, mas Nacho parou no goleiro Vinícius e três vezes na trave, com Keno, Thiago Ennes quase marcando contra, e Nacho.

Os anfitriões não ampliaram o placar e foram castigado no fim do primeiro tempo. Romércio aproveitou erro na saída de bola do adversário e acertou um chute violento para anotar um golaço no Mineirão e empatar a partida.

Na volta do intervalo, o Atlético voltou mais ligado e disposto a definir o confronto. Ao contrário do Remo, que cometeu um pênalti bobo com Rafael Jansen, que segurou Réver dentro da área. Na cobrança, Hulk deslocou Vinícius e fez o segundo aos seis minutos. Foi o 11º gol do atacante em 12 jogos desde que voltou ao futebol brasileiro.

 
Com uma vantagem difícil de ser revertida, o time mineiro reduziu o ritmo e passou a administram a diferença. Cuca aproveitou para mexer na equipe e fazer algumas experiências, dando oportunidade para Sasha, Jair, Marrony, Nathan e Sávio.

O Remo pouco ameaçava, mas foi presenteado com a chance de se despedir da competição com um empate após Jair tocar com o braço na bola dentro da área. Felipe Gedoz, porém, bateu no canto esquerdo e viu Everson fazer a defesa. Depois disso, a equipe mineira teve mais algumas chances para ampliar que não entraram mas não fizeram falta. Classificação confirmada em casa e R$ 2,7 milhões na conta do Atlético.

 
FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-MG 2 x 1 REMO

ATLÉTICO-MG – Everson, Mariano, Gabriel, Réver e Dodô; Tchê Tchê, Allan (Jair), Hyoran (Nathan) e Nacho Fernández (Sávio); Keno (Marrony) e Hulk (Eduardo Sasha). Técnico: Cuca.

REMO – Vinícius; Thiago Ennes (Wellington Silva), Romércio, Rafael Jansen e Marlon (Igor Fernandes); Anderson Uchôa (Arthur), Lucas Siqueira e Felipe Gedoz; Jefferson (Gabriel Lima), Dioguinho e Renan Gorne (Edson Cariús). Técnico: Paulo Bonamigo.

GOLS – Réver, aos nove, e Romércio, aos 44 minutos do primeiro tempo. Hulk, aos seis minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Jefferson Ferreira de Moraes (GO).

LOCAL – Mineirão, em Belo Horizonte (MG).

com informação Agência Estado

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!