Foto Catve

Blitz fecha festas clandestinas com mais de 700 pessoas em São Paulo

A Blitz do Governo de São Paulo e da Prefeitura da capital paulista fechou, na noite do último sábado, dois eventos clandestinos em bares nos bairros da Bela Vista e de Pinheiros. Mais de 700 pessoas foram flagradas nos estabelecimentos, descumprindo o decreto estadual.

Em Pinheiros, havia cerca de 600 pessoas, e 500 delas não usavam a máscara. Quatro funcionários foram levados à delegacia e autuados por infração da medida sanitária.

Na festa da Bela Vista, cerca de 150 pessoas estavam aglomeradas, e 95 não utilizavam máscara. Três funcionários foram autuados e levados à delegacia.

Leia mais: Dois homens perdem visão após levarem tiro de borracha da polícia em Recife (PE)

Campos, cidade do Rio de Janeiro, monitora 15 pessoas que tiveram contato com variante indiana
O Governo aponta, em nota, que "foi solicitada perícia para os dois locais. Os casos foram registrados pela 2° Delegacia da Divisão de Investigações sobre Crimes contra a Fazenda (Disccfaz), do Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania (DPPC)."

"Entre a noite de sexta-feira (28) e a madrugada de sábado (29), as ações da Vigilância resultaram em 37 estabelecimentos inspecionados nos bairros Vila Nhocuné, Bairro do Limão, Santana, Rio Pequeno, Pinheiros, Vila Madalena e Jardim Paulista. Dez locais foram autuados por descumprimento de horário de funcionamento, aglomeração e não utilização de máscaras de proteção facial", completa o texto.
 

com informações da Catve e TV Cultura

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!