Bolsonaro anuncia soltura de Robson, ex-motorista do jogador Fernando, na Rússia

Em vídeo publicado neste domingo (2), nas redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro anunciou a soltura de Robson Nascimento de Oliveira, que está preso há mais de dois anos em Moscou, na Rússia. O ex-motorista do jogador Fernando, hoje no Beijing Guoan-CHI, deve chegar ao Brasil nesta quinta-feira (6).

Bolsonaro agradeceu o governo russo e o presidente Vladmir Putin após uma "longa negociação" pela liberdade de Robson. "É um dia de alegria, de felicidade, e se Deus quiser na próxima quinta-feira receberemos o Robson aqui no Brasil", disse, em mensagem gravada ao lado do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), do deputado federal Hélio Lopes (PSL-RJ) e do ministro das Relações Exteriores, Carlos Alberto França.

Robson foi detido em fevereiro de 2019, quando Fernando defendia o Spartak de Moscou. Em uma das idas e vindas do Brasil para a Rússia, o ex-motorista precisou levar algumas encomendas para a família do jogador. Uma delas era o remédio chamado Mytedom 10mg (cloridrato de metadona), destinado ao pai do atleta. Usado para conter dores fortes, o medicamento é ilegal em solo russo.

"O que Robson transportava era permitido no Brasil, o medicamento. Mas lá na Rússia não é, e o governo russo então seguiu a legislação local. Então foram dois anos que o Robson passou detido na Rússia e hoje agradecemos ao presidente Putin, ao embaixador russo no Brasil, bem como ao nosso embaixador que está na Rússia", completou.

Bolsonaro tomou conhecimento do caso a partir de uma iniciativa do também jogador Felipe Melo, do Palmeiras, a quem também agradeceu no vídeo deste publicado neste domingo. Foi a partir de uma conversa com o volante que o presidente, representado pelo senador Nelsinho Trad (PSD-MS), enviou uma carta ao governo russo, pedindo a soltura de Robson ainda em outubro de 2020.
 

 



Com informacao da TV Cultura e catve

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!