Botafogo não aproveita expulsão e só empata com o Vila Nova na estreia da Série B

Atuando com um homem a mais desde os 40 minutos do primeiro tempo, o Botafogo não teve competência e só empatou com o Vila Nova por 1 a 1 no estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Foi o nono empate em 18 partidas disputadas pelo time carioca nesta temporada.

 
O empate acaba sendo aceitável ao Botafogo, diante das inúmeras dificuldades de entrosamento e qualidade técnica que persistem desde o Campeonato Carioca. Na pior das hipóteses, conquistar um ponto fora de casa estava nos planos da comissão técnica. Mas fica ainda mais evidente que é preciso melhorar. 


 
Tanto Vila Nova quanto Botafogo ainda não tiveram força máxima, pois ainda se movimentam nos bastidores para reforçar os seus elencos. O empate acabou sendo justo pelo o que foi apresentado durante os 90 minutos.

Os primeiros 45 minutos foram ao estilo Série B: muito equilíbrio, jogo truncado e poucas oportunidades de gol para os dois times. Tanto Vila Nova, como o Botafogo não fizeram por merecer qualquer vantagem no placar, tanto é que acabaram indo ao intervalo em igualdade.

 
As faltas em excesso tornaram o confronto bastante fraco tecnicamente. Ainda pior para o Vila Nova, que viu o volante Deivid receber dois cartões amarelos e ser expulso de campo aos 40 minutos da etapa inicial.

O Botafogo, porém, custou a aproveitar a vantagem numérica em campo. O time comandado por Marcelo Chamusca abusou das jogadas aéreas e viu o Vila Nova abrir o placar aos sete minutos do segundo tempo. Após cobrança de escanteio, William Formiga recebeu na entrada da área e finalizou forte, sem chances de defesa ao jovem goleiro Douglas Borges.

Só que o Botafogo não demorou a reagir e, num dos raros momentos de lucidez do time em campo balançou as redes. Chay recebeu na entrada da área, passou pela marcação e tocou para Rafael Navarro, que chutou no canto do goleiro.

 
A igualdade no placar deu tranquilidade ao Botafogo, que pretendia buscar a vitória. Aos 31 minutos quase veio a virada do time carioca, num chute colocado de Marco Antônio que passou rente a trave do goleiro Georgemy.

O Vila Nova volta a campo no domingo, dia 6, para enfrentar o Avaí às 20h30, na Ressacada, em Florianópolis (SC). Já o Botafogo, no sábado, dia 5, receberá o Coritiba às 21 horas, no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ).

FICHA TÉCNICA

VILA NOVA 1 X 1 BOTAFOGO-RJ

VILA NOVA – Georgemy; Pedro Bambu, Walisson Maia, Rafael Donato (Renato Silveira) e William Formiga; Deivid, Dudu e Arthur Rezende (Íkaro); Kelvin, Henan (Johnatan Cardoso) e Pedro Júnior (Danilo Belão). Técnico: Wagner Lopes.

 
BOTAFOGO-RJ – Douglas Borges; Warley (Daniel Borges), Kanu e Gilvan; Paulo Victor, Romildo (Guilherme Santos), Pedro Castro e Ricardinho (Chay); Ronald (Felipe Ferreira), Rafael Navarro e Marco Antônio (Marcinho). Técnico: Marcelo Chamusca.

GOLS – Willian Formiga aos sete e Rafael Navarro aos 13 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Paulo Cesar Zanovelli (MG).

CARTÕES AMARELOS – Deivid e Kelvin (Vila Nova); Ricardinho e Ronald (Botafogo-RJ).

CARTÃO VERMELHO – Deivid (Vila Nova).

LOCAL – Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia (GO).

com informação Agência Estado

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!