Casos ativos de Covid-19 sobem para 41 em Quatro Pontes

Quatro Pontes permanece numa crescente de casos ativos de Covid-19. Ontem (09), a Secretaria de Saúde, através do Setor de Epidemiologia, confirmou mais quatro casos, somando, agora, 41. De acordo com o boletim, outras 46 pessoas aguardam resultado de exame, uma está em internamento clínico e são 180 pessoas isoladas. Outros dados do boletim englobam, até então, 533 casos confirmados, além de 485 pessoas curadas e sete óbitos. 

O boletim da 20ª Regional de Saúde de Toledo de ontem, também apresenta dados preocupantes na sua área de atuação, bem como na macrorregião. A taxa de ocupação de UTI está em 100% e de enfermaria em 76,32%. Há 73 pacientes aguardando vaga de UTI e 17 na enfermaria. Na macrorregião, são 168 pessoas aguardando leito de UTI e 77 em enfermaria. A saúde vive um momento crítico e está à beira de um colapso e, segundo a Secretaria de Saúde, se faz necessária à conscientização coletiva.

Os cuidados essenciais, divulgados desde o início da pandemia, devem ser mantidos, como uso de máscara cobrindo completamente o nariz e a boca, distanciamento de pelo menos dois metros entre pessoas que não moram na mesma casa, manter os ambientes sempre bem ventilados, evitar reuniões e encontros, principalmente em locais com pouca ventilação, lavar as mãos frequentemente, usar álcool gel 70% e limpar e desinfetar objetos que são usados repetidamente.

 

Operação Covid-19

 

O Comitê Gestor do Plano de Prevenção e Contingenciamento em Saúde Covid-19 retomou as ações de fiscalização na sede e interior do município. Trata-se da operação Covid-19, com canal de denúncias referente a aglomerações ou qualquer tipo de descumprimento das determinações de combate ao coronavírus. Os munícipes podem ligar ou enviar uma mensagem via WhatsApp para o telefone 99984-0432, que está sob a responsabilidade da dupla em plantão. Caso seja necessário, os fiscais terão apoio da Polícia Militar para realizar a averiguação das denúncias.  

O não cumprimento do disposto na lei municipal nº 2347/2020 acarretará na aplicação de sanções. Num primeiro momento será feita advertência. Não acatando o solicitado pelos fiscais, os mesmos aplicarão multa. Para as pessoas físicas e associações sem fins lucrativos, o valor é de R$ 200. Já para as demais pessoas jurídicas será cobrado R$ 500.

 

Orientação

 

Mesmo que grande parte da população idosa já tenha sido vacinada contra a Covid-19, além de outros grupos prioritários, ainda não é hora de relaxar com os cuidados que evitam a disseminação do coronavírus. A atenção em situações cotidianas é necessária porque mesmo que a vacina ofereça uma grande proteção contra a Covid-19, principalmente nos casos mais graves da doença, a pessoa vacinada ainda pode contrair e disseminar o vírus. Além disso, a resposta do sistema imunológico só estará completa um mês após a aplicação das duas doses do imunizante e enquanto a maioria da população não estiver vacinada a possibilidade de contaminação ainda existe.

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!